BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
13 de Dezembro de 2009

 Apito Dourado

São todos bons rapazes...

 

Dos 25 árbitros que actualmente se encontram na primeira categoria do futebol profissional a apitar jogos da I e da II Liga, só sete nunca foram referidos nas quase mil folhas que compõem o despacho final do Ministério Público de Gondomar, no processo que ficou conhecido como Apito Dourado.

 

Dos nove internacionais também há apenas três sobre os quais nunca recaiu qualquer suspeita. São eles Paulo Costa, João Ferreira e Duarte Gomes, das associações distritais do Porto, Setúbal e Lisboa, respectivamente, sendo que os restantes, da primeira categoria, são Vasco Santos e Carlos Duarte (promovidos este ano), bem como Hélio Santos, de Lisboa, e Rui Manuel Costa, do Porto.
 

Actualmente, são nove os árbitros que estão incluídos no quadro da FIFA. Lucílio Baptista, Paulo Paraty e Bruno Paixão foram constituídos arguidos no processo de Gondomar. Dos que actualmente se encontram na primeira categoria do futebol foram também constituídos arguidos, por suspeita de corrupção desportiva, mais nove árbitros: Artur Soares Dias, Augusto Duarte, Carlos Xistra, Cosme Machado, João Vilas-Boas, Nuno Almeida, Paulo Pereira, Paulo Baptista e Rui Silva.

 

Dos restantes, os casos em análise são diferentes. Elmano Santos, da Madeira, aparece envolvido na arbitragem do jogo Benfica-Boavista, a 18 de Janeiro. O seu nome foi indicado por Valentim Loureiro. que um dia antes do jogo lhe telefonou e deu-lhe conta de que teria sido absolvido num processo disciplinar instaurado pela LPPF. O Boavista perdeu o jogo por 3-2 e Elmano Santos foi novamente abordado pelo presidente da Liga. Pode ler-se no despacho do MP que Valentim Loureiro estaria bastante irado, dando conta a Elmano Santos de que poderia ser alvo de outro processo. O árbitro disse depois ao procurador que só nesse momento percebeu que a "absolvição" havia sido uma prenda e que a sua nomeação não era "inocente". Deste caso foi extraída certidão para o DIAP do Porto, sendo que do relatório dos peritos ressalta que os erros do árbitro foram em igual número para ambas as equipas.
 

 

 

publicado por Carlos às 22:00 link do post
13 de Dezembro de 2009

Sr Platini? Segundo as suas palavras agora passou a saber ser o FC Porto um clube idóneo...

Como os portugueses não aceitam que lhes seja passado um atestado de estupidez ou que com as suas palavras tudo fique como estava aqui fica mais uma lembrança:

 

Em Janeiro do ano passado, Comissão Disciplinar da Liga (CD) dizia:


 

"Mesmo sem escutas Pinto da Costa seria condenado"

 


Podia-se então ler:

 

'Apito Final'. Comissão Disciplinar está apta a defender que, mesmo sem escutas telefónicas, Pinto da Costa e Boavista seriam igualmente condenados. Mas, ainda assim, tem em seu poder um parecer de Vital Moreira que atesta a legalidade das intercepções em processo penal, contradizendo Costa Andrade.

 

Os factos provados contra o F C Porto, Pinto da Costa e Boavista, por crimes de corrupção, no âmbito das condenações pela Comissão Disciplinar (CD) da Liga "podem prescindir das intercepções telefónicas". E mesmo que não prescinda, o seu uso está de acordo com a Constituição.

 

Esta era a tese que aquele organismo estava apta a defender - também com base num parecer do constitucionalista Vital Moreira - contra os pareceres jurídicos dos constitucionalistas Costa Andrade e Damião da Cunha, pedidos por Pinto da Costa e usados no recurso da sua pena para o Conselho de Justiça da FPF, que atestam ser inconstitucional o recurso a escutas em processo disciplinar. Costa Andrade defende, inclusive, que sem intercepções telefónicas nunca a CD teria elementos de prova para condenar o presidente portista, frisando que Carolina Salgado deveria ser arguida, e não testemunha. A CD está preparada para defender, sabe o DN, que a restante prova é, também, suficientemente forte para a condenação, mas também que a utilização de escutas é também legal.

 

Para sustentar os seus argumentos, a CD pediu vários pareceres, nomeadamente ao constitucionalista Vital Moreira, segundo o qual "o n.º 4.º do artigo 34º da Constituição só admite a obtenção de escutas telefónicas em processo penal, mas não se refere explicitamente a nenhuma proibição absoluta de utilização das mesmas fora do processo penal."

 

Para Vital Moreira, não se afigura constitucionalmente irrazoável, muito menos intolerável, admitir a utilização de escutas licitamente realizadas em processo penal também para o sancionamento de outros ilícitos, mediante autorização da autoridade judiciária, desde que se trate de apuramento de responsabilidade civil ou disciplinar decorrente dos factos e pessoas averiguados no ilícito penal.

 

É impressionante, vergonhoso deduzir de tudo isto que a defesa de pinto da costa não procura defender o seu constituinte dos factos provados, mas sim baseia ou tenta basear a sua tese de defesa na inconstitucionalidade de meios usados para obter a verdade.

  • Pedro Proença

     

     

     

     

  • Jorge Sousa


     

     

     

    Duarte Gomes

     

     

publicado por Carlos às 19:10 link do post
25 de Janeiro de 2009

 

António Salvador + Jorge Jesus (Apenas um peão) + Paulo Costa + Elmano Santos = Sistema a funcionar

 

Jorge Jesus, treinador do Sp. Braga, lamentou os erros da equipa de arbitragem na derrota caseira frente ao F.C. Porto

 

«O Sp. Braga entrou muito bem no jogo, foi uma equipa de muita qualidade nos primeiros 25 minutos. Faltou o número de jogadores na zona de finalização. Até aí, o F.C. Porto foi obrigado a defender. O Sp. Braga teve 63 por cento de posse de bola, mas o F.C. Porto marcou. Já vi o lance e há claro fora-de-jogo. O Hulk beneficia dessa situação para assistir o Rodriguez. É um lance muito semelhante ao que aconteceu na Luz, porque o fiscal-de-linha está muito bem colocado. Esse golo foi determinante. Na segunda parte, viu-se um jogo mais dividido, há uma mão do Guarín na área, já não falando de lances que deixam dúvidas, como aconteceu naqueles com o Meyong e o Alan. Os fiscais-de-linha estão bem posicionados. Faz-me uma certa confusão...»

 

Sr Jorge Jesus, lembro-lhe as palavras na Luz: "Ando há 20 anos no futebol e nunca assiti a isto"

 

E agora???

 

O Sr António Salvador levantando poeira para ingénuos comenta:

 

«Fomos roubados», considerou António Salvador.

 

Ah sim? Mas não foi na Igreja desta vez? Mas julga que andamos todos a dormir? Na próxima jornada estará sentado ao lado de Pinto da Costa como habitualmente.

 

A Justiça há-de chegar...

 

Quanto a Jesualdo Ferreira, desta vez já diz algo sobre arbitragem:

 

"Sobre os casos: «Não sou avaliador, não dou classificações nem sou da comissão de arbitragem. De onde estava, não dava para ver bem. Agora, vou para casa ver os lances, perguntem-me na próxima conferência de imprensa. Já estivemos duas vezes na posição de liderança e não conseguimos mantê-la. Estamos nas quatro provas, não me parece que o F.C. Porto possa ser beliscado. Estamos em primeiro.» "

 

Pudera...mas meu caro Jesualdo, está em primeiro por 1 ponto...O Sistema este ano não está tão forte? Ainda não consegue dormir descansado pois não? Nem pela proximidade do Benfica por ser muito melhor Equipa, nem pela consciência que deve estar a pesar toneladas..

 

uma vez mais fomos brindados com os delirios arrogantes deste senhor que se diz Professor (professor do quê?) a uma pergunta simples do Jornalista da Sport Tv respondeu com um ataque a dizer que o golo do Tomás Costa era legal ( tal é falso pois realmente o Tomás Costa estava Fora-de-Jogo pois só tinha um elemento atrás de si visto que o Eduardo estava á sua frente ) como deve de ter visto este lance na Tv, o Sr. Jesualdo agora vem dizer que não faz parte da Comissão de Arbitragem, pois bem que não faça mesmo parte dessa dita Comissão e que deixe de sacudir o capote quando lhe toca na pele ser beneficiado. Ainda teve a lata de  com um ataque ao Jornalista, roçando a arrogância como é seu timbre e imagem de marca já desde os tempos em que era Treinador do Alverca.
Arrogantes armados em Intelectuais e a inventarem situações que mais ninguem vê, não necessitamos no Futebol e ainda por cima com a designação de Professor.
 

Eis a vergonha:
 

publicado por Carlos às 01:27 link do post
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
NOTÍCIAS
Posts mais comentados
Page Counter & TV

Hit Counters




pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO