BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
13 de Dezembro de 2009

Agora que sabemos da boca do senhor Platini que o Porto não faz batota, assim como a França por mérito próprio está no Mundial, iniciamos ou reiniciamos apenas recorrendo a factos a defesa de sua Santidade Papa Apinto da Costa e seus Bispos



COmeçando por um o árbitro que nos "calha em sorte" nos momentos mais oportunos:

 

A Comissão Disciplinar da Liga ouviu nos últimos meses a maioria dos árbitros da I categoria e árbitros assistentes. Muitos foram os depoimentos que deram indicações sobre a forma de agir de Valentim Loureiro. Três dos mais importantes, de acordo com fontes ligadas ao processo, foram os do ex-árbitro e actual observador da Liga, Ezequiel Feijão, do árbitro assistente Paulo Januário e do juiz madeirense, Elmano Santos.
 

O jogo Benfica - Boavista de 18 de Janeiro de 2004 ( 3-2) foi o único assunto que levou Elmano, então árbitro do referido encontro, à Comissão Disciplinar. Durante o interrogatório, esteve o telefonema feito por Valentim Loureiro ao árbitro em causa, uma questão com a qual o juiz já tinha sido confrontado na PJ. Segundo o que foi divulgado na altura da investigação do Apito Dourado, Valentim telefonou a Júlio Mouco, elemento da comissão de arbitragem, sugerindo o nome de Elmano Santos. João Loureiro, presidente do Boavista, contactou Carlos Pinto, funcionário da LPFP, para este dar um "toque" ao árbitro. O Boavista acabaria por perder o jogo (3-2) e Valentim terá telefonado a Elmano Santos, "bastante irado", segundo o MP, considerando que o árbitro acabou por prejudicar o Boavista. E foi sobre esta situação que a CD interrogou Elmano Santos.
 

Lembro o seguinte: Paulo Januário, árbitro assistente, mereceu elogios de Pinto da Costa registados numa das conversas telefónicas gravadas pela PJ

publicado por Carlos às 17:54 link do post
13 de Dezembro de 2009

 

Carolina Agridoce, ex-mulher de Pinto da Costa e ainda prostituta, foi ouvida a dizer, que o presidente do F.C. Porto já terá falado com alguns elementos da claque Superdragões, para impedir que a missa papal prevista para Maio, se venha a realizar nos Aliados conforme agendado.

Sorrindo disse que “naquela varanda o único Papa que dá missa é o Jorge Nuno”. Guardando uma nota de 50€ (nossa) num bolso escondido da bota e contou que está traçado um plano para raptar Bento XVI da estação de serviço de Estarreja quando sua santidade se encontrar a fazer necessidades sagradas. Aí, Bento XVI será mascarado de Manuel Luís Goucha e trancado na mala de um Ford Fiesta que seguirá até Santiago de Compostela, onde elementos da claque o deixarão junto à Catedral a cantar o hino do Porto. Segundo a meretriz “dois papas na mesma cidade era muita frutinha junta… nem o Olegário com um apito na boca conseguia um milagre destes”.

publicado por Carlos às 16:50 link do post
12 de Dezembro de 2009

"O Porto não é batoteiro e a França está no Mundial por direito próprio"

Platini dixit

O homem não acerta mesmo uma.

Eu posso acrescentar a esta pantomina mental o seguinte, Que o Porto e a França podiam ganhar sem batota, é verdade, podiam... Mas não era a mesma coisa.

Todos nós sabemos que o clube da travessa das antes se safa pela inexistencia de expedientes legais que infelizmente não vigoravam antes 2006 e por todos os ratos de leis vulgo advogados deste corrupto Clube que não provaram inocência alguma, conseguiram sim nas omissões de lei, que a podridão deste clube corrupto se pudesse esquivar tal como uma cobra.

Que vergonha Platini, ao menos estar calado teria sido melhor

 

O francês Michel Platini foi um dos maiores jogadores do futebol mundial. Hoje em dia é um dos maiores artistas cómicos do globo terrestre. Senão reparem nestas duas piadas ditas no mesmo dia, e cito: "Eu não sou francês, sou suiço!" e "O FC Porto não é batoteiro". Quem não se ri?

publicado por Carlos às 17:23 link do post
08 de Novembro de 2009

Eu quero lá saber de vitórias morais, quero Verdade. Tratando-se do nosso futebol  zinho, não há vitórias ou empates morais e muito menos justiças repostas mais tarde.


Por cá como bem sabemos podem existir, envelopes, frutas, cafés com leite e túneis que o futebol decide-se com o resultado dos jogos, sem apelo nem agravo. Não sofre emenda ou perdão e não permite que se testemunhe semanalmente o juízo legal e isento de cada falta cometida à margem da lei. Por isso ao Sport Lisboa e Benfica não basta vencer, há que triunfar e com muitos golos de diferença. Só assim podemos atenuar os "erros" de arbitragem e emperrar a habilidade dos dirigentes que nos são contrários.


Em Braga, a agressão a Fábio Coentrão era merecedora de cartão vermelho e a grande penalidade sobre Saviola deveria ter sido assinalada. Amarelo no minimo para Hugo Viana. Ramires e Cardozo foram agredidos sentimo-nos assaltados e de novo, a Verdade desportiva levou mais uma facada.


Constatações e agrassões à parte, o pior de tudo é a anulação de um golo limpo...


Perdeu-se o empate, o empolgamento no momento em que o Braga mal tocava na bola e acima de tudo a perda de podermos assistir a um grande jogo de futebol.  Seguramente após o empate e com o balanço que tinhamos na altura a vitória não nos iria escapar.


Mas, acreditem as mentiras como estes 2 - 0 de Braga vão persistir mas já não terão muito mais tempo de vida...o Polvo já estrabucha... 

publicado por Carlos às 16:01 link do post
08 de Novembro de 2009

Têm sido anos e anos, décadas a procurar que a voz da revolta desde os tempos de Pedroto não fosse única, e não não tem sido. Têm sido anos e anos, a ouvir que aquilo que surgia como pura corrupção (não tenho nome mais simpático) não era mais do que desculpas de quem não teria força suficiente dentro de campo. Não me calarão, não nos calarão nesta demanda pela Verdade Desportiva. Continuo a ver os principais padrinhos em liberdade, continuo a ver julgamentos atrás de julgamentos (há anos atrás nem julgamentos seriam feitos) a dar em nada a não ser a revolta causada pelo facto de mafiosos do nosso futebol se livrarem por espedientes conseguidos por advogados quais ratos da lei, conseguirem nas zonas brancas da lei conseguirem pormenores técnicos para livrarem os seus Clientes. Sim estão cá fora conforme a lei. Mas todos sabemos o motivo. Todos sabemos que esta situação já vai muito além da culpa, aquela que nenhum julgamento iliba, e que, a todos diz: esta gente andou e anda metida em su-mundos que vai muito além das marcar que delimitam um relvado de futebol. Não nos calarão. Garanto não nos calaram enquanto continuarem impunes estas ervas daninhas.

 

Passam todos aqueles que ficarão ligados ao "Apito Dourado" e ficam ainda todos os que infelizmente apenas dentro de anos faram que se diga, afinal...pois, mas como sempre naquilo que de facto interessa no momento, os pontos, a justiça, tudo isso é mandado às malvas.

 

E neste momento temos "novas" ou relativamente novas personagens de um sistema de um polvo que está longe de estar morto.

 

Temos bem presente, e não cansarei de manter este caso bem actual enquanto não vir os responsáveis castigados. A novas faces são os Jorge Sousas que ainda temos a usar apito de forma oficial. Eis a vergonhosa verdade do futebol português. Eis a principal face do actual Sistema.

 

 

 

As frutas mantêm-se, os cafézinhos igualmente continuam a ser servidos e agora temos um "remake" os Túneis, no caso o do Porto B.

 

Castigos EXEMPLARES para Vandinho, Mossoró e toda a corja que cobardemente actuou naquela entrada de túnel. Ainda EXEMPLARES devem ser os castigo à empresa de segurança 2045 (precisam de um alvará, tendo em conta a actuação ética dos seus profissionais não é?...) E ainda EXEMPLAR deve ser o castigo ao Porto B vulgo Sp Braga como Equipa organizadora e principal responsável por toda a vergonha que ocorreu naquela noite.

 

 

publicado por Carlos às 15:21 link do post
01 de Novembro de 2009

A revolta que se sente não é tanto pela derrota, confiança e acima de tudo futebol temos de sobra para na altura certa recuperarmos a liderança. 

 

Eis a "figura" e "figurão" da Pedreira quando ainda no demos ao trabalho que educar um miúdo mal educado

 

 

O sentimento retro, dejá-vu que sentimos prende-se com a analogia que podemos e devemos fazer a épocas anteriores onde e de forma cirúgica no impediram de naturalmente e sem favores de ninguém de dispararmos na classificação

 

p>
 

 

 

Nota: A quantos pontos deixariamos o porto não fosse a dupla Lisandro/árbitro a época passada? Pois...

 

A vergonha que ontem se passou na pedreira (melhor nome não poderia ter um local onde jogam os pauliteiros do minho) passa por ser um atentado à dignidade de quem a procura neste futebolzinho onde uma Equipa como o Benfica tem de andar metida. A vergonha de ontem passa pelo trauliteiro Domingos ter "feito a cama" a um árbitro do porto (mais um) a saber que ia arbitrar o Benfica. A vergonha passa pelas incidências além do razoável que se sucederam na tal pedreira.

 

VERGONHA !!!

 

Vergonha ainda, para o capacho dos corruptos chamado Jesualdo ter vindo falar em estar atento... Atento? Este capacho já reparou que na sua casa nem são só os telhados que são de vidro, até a sua escolva de dentes o é.  Um homem que dedica um dia por semana a treinos especificos de simulações tem o descaramento de dizer que irá estar atento por um lance num resultado de 6 a 1, comparando-o com o empate falso conseguido com um dos maiores roubos no nosso futebol protagonizado pelo actor Lisandro?

 

O certo é que o homem disse ir ter atenção, e aí está a "atenção" que tivemos ontem na pedreira

 

VERGONHA !!!

 

Um golo limpo anulado numa altura em que o Braga apenas se mantinha no seu meio campo e que daria o empate... e a partir daí nem necessário é ser advinho...

 

O lance de Saviola, o toque real no seu joelho deu cartão por simulação, quando já vimos quedas por correntes de ar marcadas por este Jorge Sousa.

 

As atitudes inqualificáveis de Hugo Viana e especialmente João Pereira e Mossoró.

 

Um penalty de tal forma evidente quem nem me dou ao trabalho de explicar porquê. Isto dentro da área, porque fora, quis-me parecer que ou estariamos a jogar com o ABC de Braga, ou fomos nós que nos equívocámos e não levámos a nossa excelente quipa de Andebol.

 

Cardozo expulso depois de ter sido agredido a tentar separar os Colegas de Equipa e os outros, os de profissão. Esta aguardo alguma explicação.

 

Por fim e para falar dos casos mais evidentes, um miudo mal educado e que infelizmente devo admitir é do Benfica chamado João Pereira. Posso no entanto com toda a legitimidade que me assiste pelo facto de na altura em que envergava a nossa camisola ter tido atitudes inqualificáveis para com adversários.

 

 

Outro elemento que não será esquecido, será o inqualificável Mossoró! Que fqiue gravado, foi este "ser" que ao correr como um assassino agradediu por duas vezes Óscar Cardoso.

 

 

MOSSORÓ não te esquecerei

 

Quanto ao "puto malcriado", apenas te digo, acasa que te acolheu e te foi buscar ao Casal Ventoso nunca, mas nunca mais te quer ver por lá. 

 

Recordo-me dos festejos absolutamente despropositados e infantis de João Pereira após uma vitória sobre o rival Sporting. Tive vergonha e vontade de pedir desculpa aos rivais

 

.

 

Quanto ao Hugo Viana, teve de facto uma atitude muito feia, mas ainda assim tem um crédito e um percurso de correcção que me permite dar o benefício de uma explosão de raiva pelo que tem passado.

 

 

 

publicado por Carlos às 18:21 link do post
04 de Outubro de 2009

Antes do jogo com o Olhanenense o Papa residente da Invicta sem pelo algum tem esta tirada:


«Está numa carreira em ascensão, talvez atingindo o cume quando um dia for treinador do FC Porto».


O presidente do FC Porto, aproveitou a recepção de que foi alvo este domingo na Câmara Municipal de Olhão para elogiar Jorge Costa, referindo que o antigo capitão dos «azuis-e-brancos» e actual timoneiro do Olhanense «está numa carreira em ascensão», que poderá ter como ponto mais alto «quando um dia for treinador do FC Porto.

 

Formas "legais" de lavar todas circunstâncias sujas dos últimos 25 anos!

 

Estará para breve o fim deste regabofe? Acredito que sim ! Quais bispos e acólitos de seu Papa, nem Anteros ou Moreiras poderão manter este modus operandi. Ó triste País acorda !!!

publicado por Carlos às 23:29 link do post
26 de Agosto de 2009

Jornalista condenado a pagar danos causados no Automóvel de Pinto da Costa!


Esta poderá muito bem ser a notícia após José Carmo apresentar queixa-crime contra o motorista de Pinto da Costa.


O motorista do FC Porto que ontem transportava Pinto da Costa atropelou um jornalista do ‘JN’, à saída do Tribunal de S. João Novo, no final do audiência do julgamento em que o presidente do clube e a ex-companheira, Carolina Salgado, são arguidos. Afonso Ribeiro acelerou o Peugeot 607 quando passava junto de Carolina e dos jornalistas, abalroando José Carmo, que teve de receber tratamento no hospital. Depois, com Pinto da Costa e a advogada dentro do carro, partiu sem prestar auxílio à vítima de atropelamento e sem respeitar a polícia, que o mandou parar.


Esta foi a segunda vez que o motorista fez uma manobra intimidatória na rua do mesmo tribunal. O presidente do Porto reagiu à presença, pela primeira vez naquele julgamento, da ex-companheira. Carolina descia a rua de S. João Novo com a advogada Raquel Dantas, sendo seguida de perto por alguns agentes da PSP. Os repórteres fotográficos acompanhavam também os passos de Carolina Salgado, quando o automóvel onde seguia Pinto da Costa avançou em direcção aos jornalistas. O motorista acelerou na estreita rua, ignorando até o polícia que lhe bateu no carro dando sinal para parar.


Eu imagino o que me aconteria ignorasse um sinal de Stop de uma autoridade...


Carolina lá escapou ao se encostar à parede e assim o automóvel atropelou o jornalista, que depois de rolar entre as viaturas estacionadas acabou por cair desamparado na rua. Afonso Ribeiro ignorou e seguiu caminho. Pinto da Costa, que seguia no banco da frente, viu o atropelamento mas também não deu ordem ao seu motorista para parar.


"Não terá havido desobediência do motorista de Pinto da Costa e o sinal do agente para parar o carro não foi explícito. O condutor resolveu sair de lá com pressa e tocou no fotógrafo", disse ontem a PSP do Porto...


Eu imagino o que me aconteria ignorasse um sinal de Stop de uma autoridade...


As várias imagens que apanham o atropelamento não deixaram quaisquer dúvidas de que Afonso Ribeiro fugiu.

 

Estamos num estado de direito? A PSP da Cidade do Porto é PSP de Portugal ou do FC Porto? Que vergonha!!!

publicado por Carlos às 17:57 link do post
26 de Agosto de 2009

Já ninguém liga nenhuma ao estafado discurso portista de se pretender "ganhar fora do terreno o que não se vence em campo",


Já ninguém liga rigorosamente nada ao facto de caso após caso toda esta gente implicada no Apito Dourado ter passado impune à justiça, uns por pretensos buracos na lei terem sido aproveitados por ratos de Direito outros por Juízes que condenam "uma escuta" ao Gondomar e não consideram dezenas delas a Pinto da Costa.


Pelo menos que neste momento os portistas tenham o bom senso de esconder a cara de vergonha antes de proferir o estafado lugar comum do "vencer na secretaria". Não pretendiamos (verbo no passado precisamente porque as vitórias azuis do passado estão emporcalhadas por esta podridão) qualquer vitória na secretaria, mas, de forma alguma pretendiamos perder via "TELEFONE"

 

Que pode a "Justiça" pensar ou sentir com mais um tiro na sua credibilidade com o que saíu hoje?


Vejamos:

 

Na véspera do encontro que decidiria a Supertaça da época de 2003-2004, o presidente do FC Porto preocupava-se em saber quem seria o árbitro que iria dirigir o confronto que poria frente a frente FC Porto e União de Leiria. Assim sendo, nada como obter informações junto de Pinto de Sousa, o presidente do Conselho de Arbitragem.


A frase que saíu? Significativa:

 

«É O QUE A GENTE COMBINOU»

 

Na véspera do encontro que decidiria a Supertaça da época de 2003-2004, o presidente do FC Porto preocupava-se em saber quem seria o árbitro que iria dirigir o confronto que poria frente a frente FC Porto e União de Leiria. Assim sendo, nada como obter informações junto de Pinto de Sousa, o presidente do Conselho de Arbitragem.


Mais uma escuta descoberta entre Pintos - o da Costa e o Sousa:


Entre a conversa hoje tornada publica e que em cada linha lida, me deu vontade de pedir a nacionalidade Espanhola, ou pelo menos que o nosso Benfica pudesse saír deste escremento chamado Futebol Português, em cada linha lida dizia a revolta aumentava até uma vez mais pensar "Mas o que mais é preciso???"

 

Conversa interceptada entre Pinto da Costa e Pinto de Sousa no dia 30 de Junho de 2003


chega apenas esta passagem... Pinto de Sousa para Pinto da Costa:

 

Pinto de Sousa: - "É...mas vou devagarito, pá, calmamente...vou falar com o Pedro Proença!"

Pinto da Costa: - "Vais?"

Pinto de Sousa: - "...grande jogo em Guimarãe, pá! Vai fazer um grande jogo!"

Pinto da Costa:- "Com recado para não expulsar ninguém"

Pinto de Sousa:- "Eh! Eh! Eh!"

 

...Nove dias mais tarde, no estádio Municipal de Guimarães, Pedro Proença seria de facto o árbitro da Supertaça. O Porto venceria por 1-0, golo de Costinha aos 55 minutos...


A imprensa unanimente destacou que o único golo da partida Costinha saltou com o guarda redes leiriense tendo este sido nitidamente impedido de chegar à bola pelo jogador portista...


Expulsões...De um jogador adversário.. e assim os Pintos puderam dormir descansados.


Justiça? Para onde vais?

 

 

 

publicado por Carlos às 17:30 link do post
16 de Agosto de 2009

Um tal pau mandado, sabujo fiel ao seu dono ou rato a saír do buraco por ver a casa a arder ao fugir agarrou pelo caminho o seu maior desejo o "BENFICA". O tal rato que dá pelo nome de Antero Henrique fazendo de caixa de eco do seu dono diz que o Benfica não sabe ganhar em Democracia... mas, , mas não sabe ganhar o quê? Apitos? Fruta Dourada? Sim isso apenas se ganha na tua aldeia ó Antero.


Não deixa de ser curioso, ao tempo de que esta corja não falava do Benfica.  Estarão a preparar-se e a preparar? Diz o Antero, sobre o "Apito Dourado o nosso departamento juridico trata disso". Como disse há dias apenas te safaste porque tiveste outros ratos da tua criação feitos advogados a cheirar buracos na lei, caso contrário neste momento estarias onde mereces.


Situa-te rapaz Antero, se o Benfica não te dá luta deixa-o estar.Não percas tempo a falar da carteira dele. não atires pedras, o estadio do draga apitos é todo feito de vidro!


Agora é a sério? Essa agora, no Benfica é sempre a sério ó Antero. Sempre! Uma pré-época é a sério. Aí na travaessa das antas, não é? Estás com medo, aliás por essas bandas estão atrapalhados e tu és apenas mais uma voz do dono.


Nem com 25 anos de corrupção te passou o provincianismo? Pobre de espírito...


Virá o dia em que será feita a história do Porto como se fez de Chicago e de Al Capone. O teu papel na história Antero? Sabes aqueles rapazes a quem Al Capone dizia, toma lá uns dinheiros e vai comprar rebuçados? É esse mesmo.


Agora é a sério sim, mas no campeonato da travessa das antas, não tem problema, vamos a isso, veremos se sem fruta dourada não será o clube do Campo Grande a dar luta e não os ratos da travessa das Antas

publicado por Carlos às 15:45 link do post
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO