BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
15 de Dezembro de 2009

E então quem nos representa? Perguntaram e bem...


Não temos um Procurador Geral da República?


Pois bem, agora que Mr Platini diz saber "agora que o FC Porto não faz batota" convém recordar o seguinte:

 

O Procurador-Geral da República, Pinto Monteiro, garantiu ainda este ano que, enquanto ocupasse o cargo, "todas as suspeitas de ilícitos relacionados com o futebol serão investigadas".

 

Além do verbo à data estar no "Futuro" nada de novo, agora vem a melhor parte:

 

A promessa foi feita numa entrevista à Antena 1, tendo Pinto Monteiro respondido a questões sobre o "desporto".

 

O PGR discordou quando questionado sobre o facto de as investigações do caso Apito Dourado não terem levado a resultados palpáveis. (A realidade aí está...)

 

"A minha impressão é que com o Apito Dourado muita coisa mudou no futebol português e nada voltará a ser como dantes. As pessoas passaram a saber que todas elas podem ser investigadas.

 

 

Poderão vir a ser absolvidas no final, pode não se provar que são culpadas, mas pelo menos foram investigadas e levadas a tribunal, porque foram reunidos elementos de razoabilidade para isso", disse Pinto Monteiro.

 

 

Será preciso dizer algo mais?  Talvez tentar entender porque Pinto da Costa e restantes envolvidos no "Apito Dourado" não serão condenados.

 

 

 

Sinto-me lesado, espoliado enquanto cidadão. Sinto que os nossos Tribunais de Justiça têm apenas o nome. Sinto que mais rapidamente eu serei condenado por mau estacionamento do que todo este rol de indivíduos que andaram literalmente a gozar e a enganar a verdade desportiva e a justiça.

 

 

 

O que de facto aqui está sub-entendido não passa de uma "palmada no rabo" e um aviso "para a próxima o menino vai preso...está bem?"

 

Vou ali já volto...

 

publicado por Carlos às 12:16 link do post
15 de Dezembro de 2009

leandro lima,léo lima,fc porto,Corrupção Desportiva,Corrupção no Futebol,política de empréstimos,suspeição,suspeição no futebol português,vitÃria de setúbal

 

A rejeição por parte da Assembleia Geral da Liga de Clubes da proposta do Benfica sobre a actual politica de Empréstimos vai continuar a minar a verdade desportiva de uma forma indelével e descarada.

 

Coloquemos os nomes às coisas. O FC Porto tem neste momento vários Clubes Satélites, seja via empréstimos em massa, seja por "acordos amigáveis" com Clubes da 1ª Liga Portuguesa. São vários os exemplos; Olhanense, V Setúbal, Braga,Leixões, União de Leiria e Belenenses. Eis os principais Clubes na órbita do clube azul e branco.

 

O que acontece na realidade? No Futebol português vai continuar a não haver limites na cedência de atletas emprestados por parte de um Clube cedente a um Clube cessionário "coabitando" na mesma competição. Recorde-se que o Benfica pretendia proibir que um Clube SAD ou o que lhe queiram chamar emprestasse mais de três jogadores por época desportiva por forma a evitar o abuso de empréstimos de jogadores face às situações de dúvida que a situação acarreta. A proposta benfiquista, importa enquadrar no contexto do futebol português, foi também avançada para a mesa de reunião face à crescente circulação de jogadores vinculados ao FC Porto - na temporada 2008/09 os portistas tinham 41 jogadores emprestados, 14 dos quais a clubes da I Liga, e nas épocas 2006/07, 2007/08 e 2008/09 à União de Leiria, ao Leixões e V.Setúbal contavam com quatro jogadores cedidos pelo FC Porto, respectivamente. Ou seja, não foi colocado um travão ao domínio excessivo do Porto em matéria de empréstimos. E não me venham dizer que esta politica (41 jogadores emprestados) é para "rodar atletas" com o objectivo de posteriormente os fazer regressar. Basta contarem quantos "regressos" existiram.

 

Face à rejeição da proposta do Sport Lisboa e Benfica, poderão voltar a acontecer situações susceptíveis de suspeição como aquela que ocorreu sobre o minuto 58 do jogo FC Porto - V Setúbel, relativo à 26ª Jornada, durante o qual o técnico sadino, Carlos Cardoso, substituiu dois jogadores contractualmente vínculados aos portistas (Leandro Lima e Bruno Gama) que estavam a realizar boas exibições (unanimentente confirmado por toda a imprensa) - antes das substituições verificava-se uma igualdade a zero, depois das substituições o FC Porto lá marcou dois golos. Mas que grande coincidência.

 

O não à proposta benfiquista também não protege os jogadores emprestados na eventualidade de um erro futebolístico num jogo contra o clube a quem o atleta está vinculado e encerra uma concorrência desleal na competição - os clubes que recebem três ou mais jogadores emprestados, por terem uma ligação priviligiada com um determinado emblema, são beneficiados do ponto de vista desportivo e financeiro ao invés dos clubes que não têm esse privilégio.

 

Eis as questões a reter:

 

Proibir que um Clube empreste mais de três jogadores ao mesmo Clube em cada época desportiva evitando assim o abuso de empréstimos e a situação de dúvida que ele propicia

 

Necessidade de se criar a infracção tráfico de influências, propondo sansões ao exercício e abuso de influência que pode passar pela descida de divisão ou exclusão da prova

 

Actualização da infracção denominada "corrupção de árbitros". Deve-se verificar com a solicitação parcial do árbitro e que deve ser dispensada a prova dessa actuação parcial. Até lá esperemos sentados que surja alguém a dizer, "Eu corrompi" ou "Eu fui corrompido". Haja bom senso.

 

publicado por Carlos às 10:00 link do post
15 de Dezembro de 2009

Chegaram! As dissertações sobre táctica. O hexágono, losango, pepino o olhar de peixe, etc É só escolher...

 

Não tarda eis o que nos vai entrar em casa...

 

O silêncio em casa é quebrado pelo intervalo que passa na televisão. Entre os anúncios «Blanca, muito para além da lixívia», «Prolongue a vida da sua máquina, com Calgon» e «Actimel com bifidus activos» - que as idosas iletradas fazem questão de dizer que são iogurtes com «bifes activos» e que por isso é que alimentam muito -, ouve-se uma voz grave com uma boa rockalhada de fundo a anúnciar futebol.

«Amanhã, às 19H45, temos... Graaande Jogo!»

 

[Rockalhada poderosa de fundo, género clip de Nascar da Eurosport, com imagens dos «coxos» das duas equipas a fazerem fintas e com grandes planos dos rostos em sofrimento dos atletas «na raça» a cortar um lançe aos adversários, também eles «coxos»] E o apresentador, empolgado, continua:

«Mesmo com Zé Tó e Sabugo lesionados, o Rosmenga luta por um lugar entre os três primeiros da classificação e está moralizado com a vitória frente ao Cucujães em casa. Mas o Ramaldense também tem os seus argumentos!

O Ramaldense está tranquilo na tabela classificativa mas joga em casa e tem a sua claque - a Torcida Ramalde - a apoiar.»

Em fundo ouve-se...E quem não salta não é ramalde olé, olé; e quem não salta não é ramalde olé, olé ...

O apresentador, empolgado, continua:

Desportivo Ramaldense - Sport Industrial Rosmenga. Graaande Jogo. A não perder. Amanhã. Às 19h45. No seu canal. Graaande Jogo»

Apreciador de futebol que é apreciador de futebol nunca perde um bom derby. Nunca perde um bom Rosmenga - Ramaldense, sobretudo se der na televisão e para mais com colossos desta estirpe que, qualquer dia, ainda vão à Liga dos Campeões.

O campeonato português apresenta este elevado nível de competitividade e é por isso que as mais diversas equipas de Futebol da 1ª Liga - mas é que são mesmo muito diversas - são tão reconhecidas no estrangeiro.

É tudo uma questão de cultura táctica.

 

) Os ingleses são conhecidos pelo seu futebol flanqueado, jogado em toda a amplitude do terreno, como diria o Mestre Rui Santos, estruturado num esquema-tipo 4-4-2.

b) Os italianos são conhecidos pelo seu 5-3-2 que se transforma num 3-5-2 em contra-ataque e pelo futebol físico, como diria o Mestre Gabriel

c) Os brasileiros são conhecidos pelo elevado nível de elaboração técnica do seu futebol - como diria o Mestre Gabriel - ,...

d) Os nórdicos são conhecidos pelo futebol aéreo, directo e prático - como diria o ... vocês sabem,... num esquema-tipo 4-5-1

«... e então e as equipas portuguesas?», perguntam vocês.

Portugal orgulha-se de ser o único país da zona UEFA - a par da Albânia - em que a maioria das suas equipas dos campeonatos profissionais usam o esquema 8-2 (oito defesas, dois trincos). Claro que estas equipas não são tão defensivas assim. Por vezes até se desdobram num esquema 7-3 ou mesmo, muito raramete porque esta é demasiado ofensiva, num 6-4.

É a chamada Táctica Rosmenga. «E o que é em termos práticos o futebol estilo Rosmenga?» Fomos a uma Enciclopédia de Futebol investigar.

O esquema táctico R.O.S.M.E.N.G.A .designa a Retirada Obstinada, Sofrida e Manda-pá-frente-que-é-distrital do Esférico para Neutralizar o Golo e Ataques. Começou por um esquema 9-1 mas registou significativas evoluções ao longo de todo o século XX, já se praticando com frequência o 8-2 (leia-se oito defesas, dois trincos). , o 8-1-1, ou mesmo o 7-3.

Característico deste meritório estilo futebolístico são

1. Em situação defensiva:

a) as entradas por trás a pés juntos
b) as obstruções – que devem designar-se antes por placagens
c) as entradas por trás a pés juntos
d) rebolar 37 vezes depois de o guarda-redes interceptar um centro ou remate adversário, sempre com o cuidado para não sair da àrea
e) rebolar 37 vezes depois de sofrer uma falta inexistente
f) as entradas por trás a pés juntos
g) queimar tempo desde o inicio do jogo porque o 0-0 é sempre um bom resultado

2. Em situação ofensiva

a) [dados inexistentes e indisponíveis] ...

 

Esquema 1-8-2: a Equipa Ideal

SW - Braima
DC - Tahar
DC - Paulo Turra
DC - Paulinho Santos
DC - Pedro Emanuel
DC - Fernando Meira
DCD - Rui Óscar
DCE - Erivan

MD- Fernando Aguiar
MD - Andrade

GR Palatsi [Que é o responsável pelos remates à baliza adversária]

TREINADOR -Jaime Pacheco

Lema da equipa: Break a leg

Estádio: Municipal Avelino Ferreira Torres

Como vêm, o 4-4-2 e mesmo o 4-3-3 são sistema ultrapassados. Portugal e a maioria das suas equipas estão na vanguarda. Não sigamos pois exemplos como os de uma equipa praticamente desconhecida do norte que se chama Futebol Clube do Porto que é a vergonha nacional.

Vejam lá que jogaram contra uns ingleses e só (!) conseguiram o empate - atencão: só! - quase aos aos 90 minutos. Assim não dá; assim, meus amigos, é uma verdadeira vergonha - um verdadeiro escândalo - para a tradição do futebol português e para a preservação da cultura táctica do sistema 1-8-2.

Mantenhamos vivas as tradições! Mantenhamos acesa a chama e a mística do R.O.S.M.E.N.G.A!!

Socorro, tirem-me o Benfica deste Filme!!!!

publicado por Carlos às 09:15 link do post
15 de Dezembro de 2009

Caro Pinto da Costa,

 

Folgo muito em saber que continuas com o teu habitual sentido de humor, sempre apurado,  e que tem como alvo predilecto o  Benfica. Mas já há uns tempos que não nos brindas com nenhuma pérola, o que começa a ser de estranhar.

 

Mais de três semanas sem uma piada tua sobre o Benfica e eu começo logo a sentir falta de alguma coisa na minha vida. Sabes, com o tempo, habituei-me como tu, como dizem no norte, "afeiçoei-me" às tuas graçolas sobre o Benfica. O futebol é, normalmente, vivido de forma demasiado séria pelas pessoas.É tudo paixões assolapadas, sentimentos irracionais, ódios e ciúmes e invejas. Não há espaço para o humor, para a sátira, para a subversão divertida e provocatória. A gente olha em volta e vê muito poucos dirigentes com graça. São todos muito sérios muito trombudos. Tu não. Tens cada vez mais um ar de velho gaiteiro e malandreco. Lembras-me aqueles senhores todos aprumados que vão dançar aos Alunos de Apolo com a "Senhora", e se perfumam e vestem para a ocasião. E depois, à saída, todos ufanos, mandam umas bocas, para impressionar as donzelas cujo coração palpita de emoção. Tu és assim. "São seis milhões da treta", disseste a propósito do Benfica, e eu a pensar "lá está o velho pirata com as pantominas dele". O que te deves divertir a fazer chacota de nós! Melhor mesmo só ultrapassar o Benfica com uma vitória com um golo em fora-de-jogo e dois penáltis por marcar. Ah grande pirata, melhor era impossível, certo?

publicado por Carlos às 08:47 link do post
15 de Dezembro de 2009

Para o Sr Platini não achar que afinal "o Porto não faz batota"


apenas dentro do terrenos de jogo,


falemos de outros "terrenos"...

 

 

É um caso chocante de concorrência desleal: enquanto os seus rivais de Lisboa, Benfica e Sporting, e outros clubes tiveram de investir entre 25 e 30 milhões de euros nos seus centros de estágios, o FC Porto viu o vizinho município de Vila Nova de Gaia dar-lhe de mão beijada um centro de estágios pronto a funcionar.Com vários campos relvados (um até com bancada para duas mil pessoas, o ‘Estádio Dr. Luís F. Menezes’), instalações várias, construções hoteleiras para 150 atletas, tudo feito em terrenos comprados (mais de dois milhões) ou expropriados à pressa. Para tudo isso, a câmara de Menezes iria endividar--se em mais um empréstimo junto da banca. Mas a situação envolveu vários ilícitos e irregularidades, o que desencadeou então queixas de pessoas e entidades lesadas aos grupos parlamentares da AR, à PGR, à IGAT (Inspecção-Geral da Administração do Território), ao provedor de Justiça, ao Ministério da Administração Interna e Gabinete do primeiro-ministro. O mais espantoso é que, seis anos depois, não aconteceu nada nem ninguém mexeu uma palha. E o inicialmente baptizado Centro de Estágios de Olival/Crestuma, propriedade da Câmara Municipal de Gaia, passou à má-fila para a posse do FC Porto, ao qual pertence hoje através de uma chamada Fundação Porto-Gaia, de que fazem parte a Câmara de Gaia e outros sócios, para disfarçar, mas é dominada (51%) pelo FC Porto, que nomeia o presidente (Pinto da Costa) e dois vogais, contra dois da Câmara. Não por acaso, tal fundação tem a sede social, endereços postais e telefónicos no… Estádio do Dragão. E a propriedade foi-lhe dada através de uma habilidade legal, um direito de superfície por 50 anos outorgado pelo doutor Menezes em nome do município ao sr. Pinto da Costa, em nome do FC Porto. Tudo em nome de uma ‘grande amizade’ que se desfez, vá-se lá saber porquê. Entre vários atropelos cometidos com as obras do Centro, desapareceram uma via pública (a Travessa do Alto da Estrada, freguesia de Crestuma, que o dr. Menezes prometeu reconstruir alhures mas não cumpriu), uma fábrica de madeiras com 17 operários, cujos donos e trabalhadores andam pelos tribunais, por onde andam também donos de terrenos ilegalmente expropriados, etc. A questão da rua desaparecida sob as obras ainda há dias foi levantada na Câmara da Gaia, a da fábrica, os donos continuavam a rejeitar a ‘réplica’ que o doutor Menezes lhes oferecia noutro local, e os trabalhadores foram juntar-se a todos os sem-emprego que por aí andam. Enfim, um escândalo em qualquer parte, menos neste país de opereta…"
In Correio da Manha

Em Outubro 2008, na sequência do Relatório do Tribunal de Contas, o Blog ForumBenfica já tinha denúnciado os 310M€ OFERECIDOS POR ORGANISMOS PÚBLICOS ao FCPorto para construção do Estádio do Dragão que foram, portanto, suportados pelos portugueses através dos seus impostos.

Hoje temos mais uma denúncia clara e evidente de benefícios públicos ao FCPorto, desta feita avaliados em cerca de 30M€, que foi o valor da OFERTA da CMVila Nova Gaia ao FCPorto pelo Centro de Estágio, no qual o clube nao gastou um tusto e tem hoje a PROPRIEDADE do espaço que usa em exclusividade.

No total, estamos a falar de quase 350M€... qualquer coisa como 70M Contos de que o FCPorto usufruiu directa ou indirectamente por através de organismos públicos e a fundo perdido.

Não se pode considerar o futebol português justo, sério e honesto quando:

- Um clube passa à margem das leis desportivas
» Acusação provada de CORRUPÇÃO desportiva; Participação IRREGULAR na Champions; Participação IRREGULAR na Taça da Liga, Incrição IRREGULAR de jogadores

- Um clube passa à margem das leis judiciais
» Informações privilegiadas que resguardam de acções judíciais da PJ
» Decisões arquivadas em tribunais que penalizam outros cidadadãos em condições semelhantes

- Um clube vicía a verdade desportiva
» Empréstimo de mais de 50 jogadores a quase todas as equipas de futebol das Ligas Profissionais
» Apoios financeiros à generalidade dos clubes da 1a Divisão assegurando a sua subserviência.
» "Colocação" de jogadores nos principais planteis da 1a Divisão garantindo o acesso a informação privilegiada e interferência destes nos jogos com o clube

- Um clube tem interesses directos e indirectos em 80% dos orgãos de comunicação social
» Posição accionista do presidente do clube na Cofina (CM e Record)
» Posição accionista relevante da Olivedesportos no clube
» Conjugação de interesses na RTP, TVI e Sporttv (via Joaquim Oliveira) e alinhamento com Grupo Impresa.
» Garantia de controlo de opções jornalísticas, comentadores mais "habilidosos"...

- Um clube tem benfícios directos e indirectos dos organismos públicos
» Financiamento integral de infra-estruturas no valor de quase 350M€
» Promiscuidade com poderes locais do Porto e Gaia
» Interferência na vida política através de apoios ao PS

- Um clube controla poderes federativos e associativos
» Dirigentes "plantados" e controlados na Liga e FPF via domínio da AFPorto destes dois organismos
» Garantia de acesso e influência das decisões da Liga e FPF

- Um clube vicia resultados desportivos próprios e alheios
» Através do controlo dos organismos de decisão, capacidade de escolher e influênciar árbitros para os próprios jogos e para os adversários, assegurando as decisões que mais lhes interessam
» Garantia de apoio aos clubes "alinhados" de modo a poder obter as devidas compensações e comprar os respectivos silêncios.

QUANDO É QUE VAI HAVER UM GOVERNO E/OU UM PODER JUDICIAL QUE VAI POR FIM A ESTA "REPÚBLICA DAS BANANAS"?

publicado por Carlos às 00:40 link do post
14 de Dezembro de 2009

Aqui fica, a indignação enviada ao BENFICA POWER por um conjunto de cidadãos algarvios e não só que finalmente resolveram dizer basta à podridão representada pela venda do actual Clube mais representativo do Algarve ao polvo FC Porto.  Aqui fica o texto transcrito na integra.


A petição visa combater esta subserviência ao poder instalado no nosso Futebol. Tem como proncipal destinatário a Região de Turismo do Algarve, principal patricinador deste Clube Algarvio.



"As pessoas de Olhão e Algarve independentemente do clube que possam simpatizar, em geral são pessoas com ética e valores e não se retratam naquela atitude premeditada de ontem, cujo clube se vendeu toda a gente sabe a quem.


Depois dos acontecimentos do dia de ontem (12/12/2009), num jogo de futebol entre o Olhanense e Benfica, foi mais uma vez notorio a podridão que continua a existir neste campeonato português, em que um clube (Olhanense), se deixou vender a outro clube mais poderoso (F.C.Porto), através não só através do comportamento desportivo com grande determinação em dificultar a vida ao Benfica atitude essa completamente diferente se compararmos o jogo desses mesmos jogadores contra o Porto, diríamos que nem parece a mesma equipa.


O mais grave nem foi o aspecto referido, mas sim, o clima de guerrilha completamente premeditado, face aos jogadores do SLB, para tentar "algo" que acabaram por conseguir, com duas ausências por acção disciplinar do lado Benfiquista para o próximo jogo, precisamente contra a entidade patronal de muitos jogadores do Olhanense. É lamentável como um clube em plena primeira liga, "jogue para outros", prejudicando-se inclusive a si próprio com a ausência de dois jogadores importantes devido a expulsões face ao seu comportamento.


Penso que as pessoas de Olhão e Algarve independentemente do clube que possam simpatizar, em geral são pessoas com ética e valores e não se retratam naquela atitude premeditada de ontem, cujo clube se vendeu toda a gente sabe a quem. Após os tristes acontecimentos de ontem penso, tal como a maioria dos Algarvios concordará, que o mais sensato, a este patrocinador do Olhanense (regiao de turismo do Algarve), será cessar o contrato que detém com o Olhanense, visto o clube dar a sensação de ja ter outros tipos de patrocínios, menos legítimos, além de o efeito ser o contrario ao desejado, ou seja está a denegrir completamente a imagem do Algarve."

 

 

PETIÇÃO

publicado por Carlos às 23:41 link do post
14 de Dezembro de 2009

Uma das muitas indecências da era Lourenço Pinto/Laureano Gonçalves (fim de oitentas princípio de noventas) – “Eras”, bom, é melhor dizer, uma de muitas, mas de facto a  pior de todas na arbitragem portuguesa foi mesmo esta. Com o campeonato de 1992-93 ao rubro, o F.C.Porto deslocou-se ao então difícil recinto do Famalicão. Quase seis minutos depois da hora, o árbitro José Guimaro - mais tarde condenado por corrupção no caso Leça - arquitectou um absurdo penálti para dar a vitória ao F.C. Porto. João Pinto converteu e o F.C.Porto, com estas e outras, alcançou um dos títulos mais nebulosos da história do futebol português.

 

Muito se deve ter de procurar para se encontrar na história do futebol um golo anulado tão limpo como o que Kandaurov marcou no Estádio das Antas em 1997-98, num jogo que poderia dar novo rumo a esse campeonato. O F.C.Porto venceu por 2-0, golos de Artur, depois de se ver dominado na maior parte do tempo, fruto, sobretudo, de uma grande exibição de Poborsky, que se estreava de águia ao peito. Uma arbitragem facciosa de António Costa não permitiu a vitória encarnada.

Curioso ainda o facto de os maiores escândalos terem sido retirados de locais como o You Tube…porque será?

 

 

Agora repare-se na cultura de um Clube a quem tudo era ou é permitido…

 

 

 

publicado por Carlos às 19:25 link do post
14 de Dezembro de 2009

Acácio, recordam-se?


Trata-se de um guarda-redes brasileiro que alinhou pelo Tirsense e pelo Beira Mar.


Pois bem, só depois de regressar ao Brasil tomou a liberdade de falar sobre a sua aventura europeia. Confessou então que recebera pressões e propostas diversas para facilitar uma vitória do F.C.Porto em Aveiro, que à data valia (e acabou por valer) o título nacional de 1993. O caso foi pouco falado, vivia-se ainda um clima de medo pré-apito Dourado.


As suas declarações sobre esse campeonato permanecem bem vivas em quem tem assistido e lutado nestes últimos 20 anos de mentira no futebol português.


Declarações, obviamente “ignoradas” por peões, Cavaleiros, Bispos e "Papa" pelo estigma que provocam naquela que continua a ser a demanda de tornar de forma ínvia um pequeno clube numa fantasia chamada FC Porto.


Ocasião ainda , em que o jornalista Carlos Pinhão foi barbaramente agredido por elementos ligados ao F.C.Porto.

 

Uns anos antes havia sido o belga Cadorin, avançado do Portimonense, a acusar o empresário Luciano D’Onófrio de lhe prometer um bom contrato (em Portugal ou no estrangeiro), caso fizesse um penálti nos primeiros minutos de um Portimonense-F.C.Porto (“depois jogas normalmente”, ter-lhe-á dito). Com a saída do belga do futebol português, o caso acabou por morrer…


Mr Platini, eis o Clube que agora sabe não ser batoteiro...

publicado por Carlos às 18:13 link do post
14 de Dezembro de 2009

Existem coisas que não se pagam, explicam ou se trocam. Recordo a confissão de Sir Bobby Robson, já depois de ter sido treinador do Sporting e do FC Porto, disse ele que ao passar e ao olhar para a Catedral da Luz sentia que era ali que deveria e queria estar e deveria ter estado…


Não sendo novidade, agora temos Mário Jardel na mesma linha de pensamento. O rapaz foi campeão no Sporting, no Porto, andou sabe-se lá por onde, viu músicas com pronúncia do Porto serem-lhe dedicadas, mas, desde sempre disse que o Clube onde de facto queria jogar era no Glorioso Sport Lisboa e Benfica.


Foram várias as vezes, que esteve quase a concretizar o seu sonho nunca concretizado, uma por trocar a palavra por cifrões a outra por se ter portado mal. Já passou Mário. Assim como passou a possibilidade de concretizares o teu sonho ainda assim, os adeptos dos Clubes que representaste, dificilmente te poderão considerar uma lenda, tendo em conta o teu encanto pelo Sport Lisboa e Benfica.


Uma vez mais ao responder sobre as características de Alan Kardec, Mário Jardel lamenta, “pena não ter sido eu o contratado”…

 

Declarações de Mário Jardel

publicado por Carlos às 12:11 link do post
14 de Dezembro de 2009

Aqui ficam alguns aspectos curiosos sobre as prováveis (e nada mais que isso) aquisições de Defeso do Sport Lisboa e Benfica. Estamos perante dois jovens, Airton com 19 anos e Kardec 20, com “rodagem” suficiente para integrar o plantel do Benfica. Depois de Filipe Meneses, JJ mostra que sabe fazer o seu trabalho de casa. Sem qualquer pressão e caso se concretizem estas aquisições, Sejam muito bem vindos ao ninho da Águia. Aquisições a serem realizadas motivaram inevitavelmente a saída de alguém (o número de estrangeiros será ultrapassado). Tudo aponta para Keirrison.

 

Sobre Airton

 

Jornal O Estadão

 

Globo

 

Globo Esporte

 

Site Oficial do Flamengo

 

  

Alain Kardec

 

Twitter

 

Página Oficial do Internacional Porto Alegre

 

Página do Vasco 1

 

Página do Vasco 2

 

publicado por Carlos às 11:26 link do post
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
16
17
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO