BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
28 de Julho de 2009

Uma vez mais Miguel Sousa Tavares não espanta na sua habitual Nortada. O seu (dele) porto após ter vencido ontem, hoje de quem fala? Do seu amor recalcado, do seu ciume doentio, do Clube de quem mais fala. Sport Lisboa e Benfica.

 

A resposta hoje a MST é demasiado fácil e nem grande luta dá. Mas não permito um único comentário lesivo para com o Benfica. Nem 1 milimetro lhe dou. A resposta estará sempre pronta.

 

E desta vez é de tal forma simples... Poderia apenas dizer que o Centro de Estágio do Sport Lisboa e Benfica sai do Bolso do Benfica. O do Porto? Da autarquia! Estamos conversados?

 

Ah, um minuto, ainda não é tudo, além de ser pago pelos contribuintes, está ainda envolto (que novidade) em estranhas trocas de favores. Acso se recordam que o Ex Presidente da Camara do Porto foi condenado? Ora vamos lá dar a resposta ao nosso amigo Miguel Sousa Tavares

 

Tantos são os enviesamentos legais que o dificil é por onde iniciar? Vamos a isso:

 

É um caso chocante de concorrência desleal: enquanto os seus rivais de Lisboa, Benfica e Sporting, e outros clubes tiveram de investir entre 25 e 30 milhões de euros nos seus centros de estágios, o FC Porto viu o vizinho município de Vila Nova de Gaia dar-lhe de mão beijada um centro de estágios pronto a funcionar.Com vários campos relvados (um até com bancada para duas mil pessoas, o ‘Estádio Dr. Luís F. Menezes’), instalações várias, construções hoteleiras para 150 atletas, tudo feito em terrenos comprados (mais de dois milhões) ou expropriados à pressa. Para tudo isso, a câmara de Menezes iria endividar--se em mais um empréstimo junto da banca. Mas a situação envolveu vários ilícitos e irregularidades, o que desencadeou então queixas de pessoas e entidades lesadas aos grupos parlamentares da AR, à PGR, à IGAT (Inspecção-Geral da Administração do Território), ao provedor de Justiça, ao Ministério da Administração Interna e Gabinete do primeiro-ministro. O mais espantoso é que, seis anos depois, não aconteceu nada nem ninguém mexeu uma palha. E o inicialmente baptizado Centro de Estágios de Olival/Crestuma, propriedade da Câmara Municipal de Gaia, passou à má-fila para a posse do FC Porto, ao qual pertence hoje através de uma chamada Fundação Porto-Gaia, de que fazem parte a Câmara de Gaia e outros sócios, para disfarçar, mas é dominada (51%) pelo FC Porto, que nomeia o presidente (Pinto da Costa) e dois vogais, contra dois da Câmara. Não por acaso, tal fundação tem a sede social, endereços postais e telefónicos no… Estádio do Dragão. E a propriedade foi-lhe dada através de uma habilidade legal, um direito de superfície por 50 anos outorgado pelo doutor Menezes em nome do município ao sr. Pinto da Costa, em nome do FC Porto. Tudo em nome de uma ‘grande amizade’ que se desfez, vá-se lá saber porquê. Entre vários atropelos cometidos com as obras do Centro, desapareceram uma via pública (a Travessa do Alto da Estrada, freguesia de Crestuma, que o dr. Menezes prometeu reconstruir alhures mas não cumpriu), uma fábrica de madeiras com 17 operários, cujos donos e trabalhadores andam pelos tribunais, por onde andam também donos de terrenos ilegalmente expropriados, etc. A questão da rua desaparecida sob as obras ainda há dias foi levantada na Câmara da Gaia, a da fábrica, os donos continuavam a rejeitar a ‘réplica’ que o doutor Menezes lhes oferecia noutro local, e os trabalhadores foram juntar-se a todos os sem-emprego que por aí andam. Enfim, um escândalo em qualquer parte, menos neste país de opereta…"
In
Correio da Manha

Em Outubro 2008, na sequência do Relatório do Tribunal de Contas, o Blog ForumBenfica já tinha denúnciado os 310M€ OFERECIDOS POR ORGANISMOS PÚBLICOS ao FCPorto para construção do Estádio do Dragão que foram, portanto, suportados pelos portugueses através dos seus impostos.

Faz pouco tempo, surgiu mais uma denúncia clara e evidente de benefícios públicos ao FCPorto, desta feita avaliados em cerca de 30M€, que foi o valor da OFERTA da CMVila Nova Gaia ao FCPorto pelo Centro de Estágio, no qual o clube nao gastou um tusto e tem hoje a PROPRIEDADE do espaço que usa em exclusividade.

No total, estamos a falar de quase 350M€... qualquer coisa como 70M Contos de que o FCPorto usufruiu directa ou indirectamente por através de organismos públicos e a fundo perdido.

Não se pode considerar o futebol português justo, sério e honesto quando:

- Um clube passa à margem das leis desportivas
» Acusação provada de CORRUPÇÃO desportiva; Participação IRREGULAR na Champions; Participação IRREGULAR na Taça da Liga, Incrição IRREGULAR de jogadores

- Um clube passa à margem das leis judiciais
» Informações privilegiadas que resguardam de acções judíciais da PJ
» Decisões arquivadas em tribunais que penalizam outros cidadadãos em condições semelhantes

- Um clube vicía a verdade desportiva
» Empréstimo de mais de 50 jogadores a quase todas as equipas de futebol das Ligas Profissionais
» Apoios financeiros à generalidade dos clubes da 1a Divisão assegurando a sua subserviência.
» "Colocação" de jogadores nos principais planteis da 1a Divisão garantindo o acesso a informação privilegiada e interferência destes nos jogos com o clube

- Um clube tem interesses directos e indirectos em 80% dos orgãos de comunicação social
» Posição accionista do presidente do clube na Cofina (CM e Record)
» Posição accionista relevante da Olivedesportos no clube
» Conjugação de interesses na RTP, TVI e Sporttv (via Joaquim Oliveira) e alinhamento com Grupo Impresa.
» Garantia de controlo de opções jornalísticas, comentadores mais "habilidosos"...

- Um clube tem benfícios directos e indirectos dos organismos públicos
» Financiamento integral de infra-estruturas no valor de quase 350M€
» Promiscuidade com poderes locais do Porto e Gaia
» Interferência na vida política através de apoios ao PS

- Um clube controla poderes federativos e associativos
» Dirigentes "plantados" e controlados na Liga e FPF via domínio da AFPorto destes dois organismos
» Garantia de acesso e influência das decisões da Liga e FPF

- Um clube vicia resultados desportivos próprios e alheios
» Através do controlo dos organismos de decisão, capacidade de escolher e influênciar árbitros para os próprios jogos e para os adversários, assegurando as decisões que mais lhes interessam
» Garantia de apoio aos clubes "alinhados" de modo a poder obter as devidas compensações e comprar os respectivos silêncios.

 

 

Demasiado fácil. Cada vez mais se torna fácil responder aos amigos portistas.

 

Connosco quem quiser, contra nós apenas quem puder!

publicado por Carlos às 13:04 link do post
28 de Julho de 2009

 

Demasiado tempo passou desde que este Jornal Record marcou o Benfica para que de uma forma pérfida poder alcançar dois objectivos.

 

1 - O aproveitamento de qualquer situação que possa ser desconhecida e/ou "não comentável" para lhe permitir vender papel usando o móbil da Ignorância Inteligente.

 

2 - Ao mesmo tempo, permite-se ao abrigo da "liberdade de imprensa" procurar "minar" e destabilizar o Benfica, seja de dentro para fora como o inverso.

 

Vejamos, diariamente surje algo como "Jogador X descontente" "porto rouba jogador ao Benfica", "Jogador Y se não jogar ameaça saír" e a primeira capa de hoje

Jornal Record,record

 

 

Uma vez mais apelo aos Benfiquistas para sem fundamentalismos perceberem e decidirem o que devem tomar como informação fidedigna e a imprensa que utiliza a Ignorância Inteligente.

 

São primeiras páginas diárias com "gordas" a apelar à desconstrução de uma estabilidade que pretende. Sejamos nós a julgar quem nos faz isto.

 

Não existe aqui qualquer "mania da perseguição" apenas uma clara constatação de facto.

 

Procurando igualmente de forma objectiva responder à pergunta óbvia, porquê e para quê tudo isto?

 

Acredito que a resposta será uma mistura entre:

 

- Mau Gosto

- Má Intenção

-"Ignorância Inteligente" (ou seja aquela inteligência que é habilmente usada para manter a ignorância de quem não dispõe de factos)

 

Ou ainda e recordando William Blake:

 

"Uma verdade dita com má intenção bate todas as mentiras que se possam inventar"

 

Caros Jornalistas do Record. A marcação será cerrada. Jesus nasceu há 2009 anos, o nosso está e muito bem no banco e nós benfiquistas não damos a outra face. A cada "má intenção" a resposta será imediata.

 

Benfiquistas, basta fazerem o vosso julgamento...

 

publicado por Carlos às 11:34 link do post
27 de Julho de 2009

Quem esteve ou normalmente está atento ao que se escreve "lá por fora" deverá ter visto e lido dois aspectos curiosos.

 

 

Um primeiro que apenas demonstra quão mal é digerida a nossa grandeza pelos nossos ditos adversários de consumo interno, e o quanto os afecta. Tendo em conta que finalmente estão a caír na realidade de 25 anos de mentiras baseadas em corrupção e favores que dessa forma permitiram a falsa ascensão de um Clube meramente secundário e periférico a lugares que não são os seus por direito.

 

 

 

O Benfica venceu duas Taças dos Clubes Campeões Europeus e tem várias finais como derrotado frente a equipas do "seu meio" não frente a Mónacos nem mesmo num mau dia a um Bayern. Os nossos adversários foram Real Madrid, Barcelona, Manchester United, Milan, Inter, etc...Esta coisa do Porto faz-me lembrar a história do Steua, tanto na forma como chegaram a uma taça como actualmente se vêem no meio da corrupção. ...Enfim... Provincianismo, a quanto obrigas... Obriga por exemplo em sites estrangeiros andarem a "cuscar" a grandeza do Sport Lisboa e Benfica e a terem a baixeza de espírito para procurarem associar o nosso Clube a nova cartilha do maior mal do futebol pinto da costa, a tentativa de colar o Grande Benfica ao Estado Novo. Vamos lá então a falar sobre isso.« 

 

Um dos mais famosos provérbios portugueses diz: “uma mentira dita muitas vezes passa a ser verdade.” A mentira de que o Benfica era um clube protegido por Salazar tem sido dita muitas vezes com o objectivo duplo de menorizar as vitórias passadas do clube e modificar a história do futebol Português e, mesmo, de Portugal. Veremos de seguida os factos que desmentem por completo esta calúnia.


Sporting_Saudação Fascista

 

 

A época dourada (em termos internos) do Benfica coincide com o período mais esquerdista de Portugal, 1970-1980. Em 10 edições do campeonato, na década de 70, o Benfica conquistou 6 e conseguiu fazer dois campeonatos sem perder um único jogo. De realçar, que nos 20 anos seguintes à revolução de Abril, o Benfica venceu 10 campeonatos e 7 Taças de Portugal, contra 8 campeonatos e 5 taças ganhas pelo Porto e 2 campeonatos e 2 taças conquistadas pelo Sporting. Elucidativo…

 

 

Também nas 84 edições da taça de Portugal o Benfica venceu 27, 14 sem Salazar e 13 com Salazar. Mais uma vez, com ou sem Salazar, o Benfica mantém a senda vitoriosa.

 

Em termos Europeus, o Benfica conta com 8 finais europeias (7 na taça dos campeões europeus e uma na taça uefa) e duas meias-finais (taça das taças). Venceu ainda a taça latina e uma edição da taça ibérica (em 83/84). Estes dados mostram o poderio do Benfica quer em Portugal, quer na Europa, na era Salazar e no pós-Salazar. Relembro que a final da Taça Uefa foi em 1982/83 e a última presença na final na Taça dos Campeões Europeus foi em 1987/1988. Estas duas finais estão bem longe do período de influência de Salazar…

 

Quem não conhece a história do Benfica pode pensar que o seu hino de sempre é a música de Luís Piçarra, mas isso não corresponde à verdade. O hino oficial do Benfica, composto por Bermudes, chamava-se “Avante Benfica” e foi censurado por Salazar por ser entendido como uma afronta ao seu poder.

 

Miguel Sousa Tavares, adepto portista reconhecidíssimo, no seu best seller Rio das Flores, apresenta um excelente trabalho acerca da evolução das ditaduras de direita na primeira metade do século XX. Miguel Sousa Tavares não podia ser mais explícito, e dada altura, refere: “Sporting era o clube do regime”. Contudo, Salazar aproveitou-se das vitórias do Benfica para se promover e credibilizar como faria qualquer ditador.

 

Na história do Benfica contam-se imensos dirigentes que lutaram contra o fascismo de Salazar. Manuel Conceição Afonso, Félix Bermudes (o autor do hino censurado), Tamagnini Barbosa e Júlio Ribeiro são alguns desses exemplos. Mais, este último declarou publicamente que não se recandidataria à presidência do clube porque, precisamente, sabia estar a prejudica-lo junto do poder central. Para finalizar: José Magalhães Godinho, conhecido opositor do regime, foi o primeiro director do jornal do Benfica.

 

O estádio das Antas(FC Porto) foi inaugurado dia 28 de Maio (dia comemorativo da revolução que deu origem ao estado novo). Quando o Benfica foi ocupar o campo 28 de Maio (onde jogava o Sporting) muda o seu nome para estádio do Campo Grande.

 

Em 1954/55 O Benfica apesar de campeão não foi indicado para a Taça dos Campeões Europeus porque naquela altura os clubes eram sugeridos pelas entidades nacionais responsáveis e o Benfica, mesmo sendo campeão, foi preterido em favor do Sporting.

publicado por Carlos às 18:30 link do post
27 de Julho de 2009

Apesar de serem inúmeros os tiros ao lado daquele jornal que em tempos até chegou a ser credível deixou de ser sequer motivo de preocupação tendo em conta o direccionamento editorial do jornal Record.

 

Curioso neste momento que as atoardas que lá surgem servem apenas para se comentar "Vem no Record? Então é mentira".

 

Tantos e tantos exemplos, recordo um faz uns anos que dizia algo do género

 

"Segundo o jornal Record , está acertada uma das mais surpreendentes transferências do defeso: Rui Costa será apresentado, nos próximos dias, como novo reforço do Manchester United, depois do clube inglês e o AC Milan terem acertado as verbas da sua transferência"

 

No dia seguinte, o nosso Rui estava na Luz...

 

Neste momento, "a notícia do dia" tem sido o jogador X, o Y ou o Z estão practicamente de saída do Benfica.

 

Não era necessário porque o nosso Presidente já o tinha afirmado, no entanto para que não surgisse mais algum mau estar de quem possa estar menos informado, reforçou

 

"Não sai ninguém do Benfica abaixo do valor da sua cláusula de rescisão"

 

8 milhões por Luisão, dizia este Jornal, para em seguida se ir buscar um jogador "experiente"...

 

Mas onde anda esta gente com a cabeça? Ou atiraram esta hipótese tendo em conta a hipótese Manuel da Costa? Mas não disseram jogador experiente?

 

É o que dá pensar com mentalidade "verde" sonhar alto, mas sem trocos nos bolsos.

publicado por Carlos às 15:21 link do post
27 de Julho de 2009

Parabéns Benfica! Belíssimo jogo entre duas boas equipas que só se preocuparam em jogar futebol de ataque! Fosse assim o nosso campeonato, seja no objectivo de jogar futebol, seja no facto de nem se ter dado pelo 23 elemento em campo, o Árbitro.

 

 

 

 

Neste momento nem sobrevalorizo nem muito menos subvalorizo a prestação da nossa Equipa. Dois jogos de pré-época sim. Mas a dinâmica, o puro jogo pelo jogo, o sentido de ataque deram-nos só o 1º Lugar no Torneio de Amesterdão. Assim sendo, mas por que carga d´àgua não haveria de comemorar?

 

Altura de novo ponto de situação, sobre o jogo com o AFC Ajax, enalteço em primeiro lugar a existência de uma Equipa e não de um Grupo de Jogadores. Com 7 jogos decorridos, pode ser já dada uma palavra de apreço a JJ pelo trabalho desenvolvido até agora.

 

Individualmente, o nosso Xerife David Luís impressiona seja pela sua capacidade futebolística como pela sua conduta e postura no seio da Equipa. Tudo indica que o Xerife possa vir a ser o grande patrão da Equipa. Garra, Força e que dizer da sua apurada técnica nada vulgar num Central.

 

Di Maria, o melhor que posso dizer é que Di Magia está mais consistente. Pura magia em campo. É magnífico ver a sua performance neste momento.

 

Maxi Pereira, Super Maxi, ou o relógio Suíça, qualque destes adjectivos lhe servem.

 

Finalmente em dia que o ataque mostrou que funciona mesmo sem a fantástica dupla Tacuara/Saviola, saliento a exibição de Javi Garcia. A artilharia pesada mas com classe está de volta à frente da nossa defesa.

publicado por Carlos às 14:45 link do post
25 de Julho de 2009

Não evoquem o nome de Viriato em vão.

 

Por uma questão estratégica, por uma questão de jogo de preparação ou simplesmente pelo facto mais importante e que diz que quem faz o "onze" o Benfica iniciou o jogo com sem jogadores nascidos em Portugal. E com este facto de imediato se deu uso a teclados por essas redações fora e se utilizou o off set nas rotativas para imprimir milhares de páginas de jornais sobre este tema. Contudo, odo este burburinho não se manteve nos comentários relativos à segunda parte do jogo em questão.

 

Gostaria de saber outra de forma de se juntarem numa mesma Equipa, 3 internacionais argentinos, 2 internacionais da selecção do Brasil e ainda do Paraguai e Uruguai.

 

Serão os mesmos que não falam sobre a Selecção portuguesa estar prestes a ter 3 jogadores nascidos em terras de Vera Cruz?

 

Serão os mesmos que não olham para Equipas como Real Madrid, MU ou Milan?

 

A Globalização está aí. Antes um tal jogador chamado Bosman, revolucionou, baralhou e deu de novo criando uma nova ordem mundial sobre os Clubes de Futebol. Posto isto, temos duas hipóteses, apreender e a rentabilizar esta mesma ordem, ou ficamos agarrados à famosa Assembleia Geral que permitiu a entrada do primeiro estrangeiro na Equipa do Benfica Jorge Gomes.

publicado por Carlos às 20:50 link do post
25 de Julho de 2009

O Futebol precisa de gente que não se deixe intimidar. Os vários agentes que se movem no nosso futebol devem perceber que não existem intocáveis.

 

Eis algumas das frases cheias de boa intenção que se podem ler na Revista Tabu numa entrevista dada Ricardo Costa, Presidente da Comissão Disciplinar da Liga.

 

Eis que quem decidiu atirar o Boavista para os confins dos campeonatos nacionais é adepto do ...Boavista. Situação curiosa, mas apenas pelo facto de o futebol português não estar preparado para saber os Clubes das pessoas que exercem este tipo de cargos.

 

Eis quem em 2004 começou a ver algo muito simples, apenas em 2004 a Justiça começa a intervir no Futebol !!!

 

Curiosa a sua resposta à seguinte pergunta:

 

"É o caso de dois jogos que levaram à condenação do FC Porto e do seu dirigente Pinto da Costa. Se fosse hoje, o clube azul e branco seria punido com a descida de divisão por causa dos actos cometidos pelo presidente?"

 

Resposta de Ricardo Costa: Exacto, com os novos regulamentos o FC Porto teria sido punido com a descida de divisão por tentativa de corrupção"

 

Perante isto, digo eu, e recordo que a subtracção de seis pontos ao FC Porto acontece numa altura da época em que o clube era já virtualmente campeão. Justiça vã!!! Justiça para calar.

 

E digo ainda como será possível campeonatos, resultados falseados pela corrupção vigente ao longo de duas décadas e meia a conspurcarem a futebol nacional, possam ficar registados para a história, apenas porque "se fosse hoje o FC Porto seria condenado" ou ainda porque apenas a partir de 2004 a justiça entrou no futebol.

 

Como será possível os adeptos de tão Corrupto Clube não pintarem a cara de vergonha pelo que se sabe apesar de "legalmente" ninguém lhes tocar. Eu respondo, quem estiver no futebol por bem, baixará e abanará a cara de vergonha e dirá que o porto infelizmente se confunde com o maior corrupto conhecido chamado Pinto da Costa e que se pavoneia pelas salas da Assembleia da Republica em cerimónias de beija mão e comendo do que todos nós produzimos. Vergonha!!! Outros, os sem escrúpulos, sem caracter, bandidos da consciência humana, ladrões de valores como ética e seriedade, abanarão a cabeça e ainda gozarão com todos nós, como que a dizer "sim matei" ou "sim roubei" mas..."já não nos podem tocar."

 

O Futebol e a Justiça precisa de gente que não se deixe intimidar. Precisamos acabar com a ideia fixa na cabeça "daqueles bandidos" a que me referi, de que lhes bastará ficar sossegados e quietos, à espera que tudo prescreva. Em frente, sejamos optimistas, é necessário acabar com a impunidade generalizada.

publicado por Carlos às 19:47 link do post
24 de Julho de 2009

Os últimos e verdadeiros "monstros" do Jornalismo Desportivo em Portugal um a um tendo em conta a ordem natural da vida humana vão desaparecendo. Para os substituir? Infelizmente não se vê ninguém.

 

Homero Serpa, Carlos Pinhão, Vitor Santos e tantos outros...Hoje chegou a hora de Rui Cartaxana. à familia enlutada as devidas e sentidas condolências por parte do Benfica Power.

 

Jornalista frontal, sem receios, recordo-me dos seus textos com acutilância, sem especulação mas directos ao assunto sem receios.

 

Como merecida homenagem aqui ficam dois textos de sua autoria e que como muitos outros "incomodavam"

 

Texto 1

 

"Semana sim, semana não, um dos jornais ou televisões ao serviço do FC Porto/Pinto da Costa volta à carga com as escutas telefónicas em processos da justiça desportiva. Não para desmentir os seus conteúdos, a gravidade do que é dito ou a sua veracidade, mas para questionar a sua utilização, sempre com base em formalismos legais inaplicáveis ou inexistentes. E para daí partir para a enésima garantia de que as punições ao sr. Pinto da Costa e ao FC Porto (2 anos de suspensão por corrupção de árbitros na forma tentada e perda de 6 pontos na classificação) vão ser anuladas, tudo em grandes parangonas e sem qualquer pudor ou receio de se verem desmentidos

 

Hoje mesmo, último sábado de Janeiro de 2009, o vetusto ‘Jornal de Notícias’ enchia a sua manchete com títulos garrafais dizendo ‘Escutas telefónicas fora do Apito Final’, ‘Constitucional confirma ilegalidade do uso de escutas na justiça desportiva’, ‘Decisão põe em causa castigos a Pinto da Costa, FC Porto e Boavista’. Que se passara? Que teria levado o Tribunal Constitucional (TC) a mudar de opinião? Pois bem, não se passara nada. Mas a partir de um primeiro telegrama da Lusa, bastou ignorarem o segundo, em que tudo era clarificado, para o esforçado pessoal do ‘Jornal de Notícias’ fazer o que, em bom português e salvo o devido respeito, se chama ‘albardar o burro à vontade do dono’.

 

Em resumo, o TC decidira na véspera ‘não apreciar o recurso interposto pelo Conselho de Justiça da FPF, que lhe tinha pedido para se pronunciar sobre a utilização de escutas telefónicas em processos disciplinares. Isto porque, no processo de punição do presidente da União de Leiria, João Bartolomeu, este recorrera para o Supremo Tribunal Administrativo (STA), pedindo a devolução dos textos das suas escutas, no que se chama uma intimação objectiva, uma habilidade processual restrita e sem consequências sobre outros processos. Muito menos em processos transitados em julgado, já apreciados e julgados em recurso pelo Conselho de Justiça da FPF.

 

Portanto, estamos perante a transformação de um ‘não acontecimento’ (a decisão do TC de não apreciar o recurso da do CJ da FPF atrás referido) num acontecimento. Ainda não foi desta vez que as escutas (praticamente a única forma de combater a corrupção) foram anuladas ou proibidas. Uma coisa estranha de defender, mas que, pelos vistos, tem os seus fiéis defensores..."

 

 

Texto 2

 

 

"As últimas cenas passadas dentro e fora do Tribunal de Gaia, onde estão a ser julgados por corrupção os srs. Pinto da Costa, presidente do FC Porto, Augusto Duarte, árbitro de futebol, e António Araújo, empresário de jogadores e "homem de mão" do presidente têm qualquer coisa de "dejá vu".

 

Algures noutras paragens, mais mediterrânicas e mais violentas, com base em dinheiro vivo, que passa de mão para mão com fins misteriosos em misteriosos envelopes, acontecem, de facto, cenas assim. O silêncio é a grande lei da família e testemunha que se atreva depor contra alguém do grupo (contra o chefe então, é impensável) é hostilizada e agredida, se não lhe acontecer pior, porque por ali só o silêncio é soberano e contra ele ninguém pode, nem os senhores da capital.

 

Todos nós já vimos coisas assim em cinema, só que agora temos ali a coisa ao vivo dada em directo e, mesmo se o guião não é tão radical, não faltam por cá os personagens estranhos e as situações. A testemunha maldita, Carolina, apesar de protegida (?) pela Polícia, acaba insultada e agredida por "populares", o agente da autoridade (árbitro) alegadamente corrompido não comparece, invocando misteriosa doença. O pior é que a sua versão não joga com a do alegado corruptor e figura central do drama (segundo ele, árbitro, foi apenas "tomar um cafézinho e ter uma conversinha" com presidente, precisamente na véspera de ir arbitrar um jogo com o FC Porto. O qual, presidente, "explica" tudo com um encontro de aconselhamento, a pedido do árbitro, "coisas familiares". Não falta, sequer, a figura do intermediário, engajador e "homem de mão", o fiel Araújo, presente em tudo e para tudo, ou a irmão-gémea, que trai a outra gémea, Carolina, a troco de benesses do "homem", vai depor contra o "próprio sangue" e corre com os jornalistas fazendo-lhes um gesto obsceno com o dedo da mão espetado. Tudo gente fina. Como se vê.

 

Pairando sobre as cabeças destes personagens de ópera bufa andam 2 500 € em cinco notas de 500, que a então doce Carolina diz que meteu num envelope a pedido do então marido e presidente para ofertar, com o "cafezinho", ao pobre Augusto Duarte, que eles precisava, vá-se lá saber para quê em conjuntura de tantas e tão grandíssimas dificuldades como as que vivemos.

 

Alguém percebeu aquela do presidente dizer agora em tribunal que sabia muito bem que tinha o telefone sob escuta? Estaria assim tão certo de que as escutas eram "ilegais"?"

 

publicado por Carlos às 17:40 link do post
24 de Julho de 2009

Por vezes é mais barato "oferecer uns cafezinhos"

 

 

 

 

Não tenhamos dúvidas que vamos apanhar de novo com Proenças  e Elmanos Santos e/ou outros que tais procurando impedir o que naturalmente deveria existir - Verdade Desportiva - Em suma, as tramóias do “sistema” voltarão a estender os seus tentáculos. Minando sem nos apercebermos a estabilidade da Equipa.

 

Por isso, pergunto, que treinador resiste a tudo isto? Aquele que conseguir que neste lodo chamado “1ª Liga Portuguesa” o Benfica para que 1 golo conte, consiga marcar 3, e aquele que para chegar aos 70 pontos reais, na realidade tenha de fazer pela vida lutando pelos 80.

 

Luisão, Ramires, Aimar, Cardozo, Saviola... chegam? Vamos ver. Por vezes é mais barato "oferecer uns cafezinhos", como não o fazemos é melhor pensar por antecipação que os relvados não vão estar nivelados...

 

 

 

publicado por Carlos às 17:14 link do post
24 de Julho de 2009

Torneio anualmente jogado em pré-época sempre com o AFC Ajax como anfitrião. Teve inicio em 1975 com a finalidade de celebrar os 700 anos da cidade que dá nome ao Torneio.

 

Entre 24 a 26 de Julho o Torneio de Amesterdão terá o Benfica; Atlético de Madrid, Sunderland e Ajax como participantes e será jogado da Arena de Amsterdão.

 

Como curiosidade, o nosso adversário de hoje, em homenagem à nossa Catedral deu o nome de Stadium of Light ao seu estádio

publicado por Carlos às 14:52 link do post
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
19
20
21
22
23
26
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO