BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
23 de Março de 2009

Será que o Sporting esqueceu a forma como ganhou ao Rio Ave?

 

 

“Se há clube que está completamente à vontade em relação à verdade desportiva é o Benfica». «Todos recordamos o percurso que levou até ao Apito Dourado e Apito Final. E o único contributo do Sporting que vimos em relação à verdade desportiva foi ver o seu presidente sentado constantemente ao lado de Pinto da Costa»

 

 

De forma clara, objectiva eis a resposta oficial do Benfica às últimas reacções do Sporting sobre o tema “Verdade Desportiva”.

 

Congratulo-me assim, por a tempo e a propósito a nossa reacção ter surgido doa a quem doer. Toda a razão que possa assistir ao Clube do Lumiar cai por terra tendo em conta a postura dos ultimos anos do seu Presidente. Mas que legitimidade pode ter este Clube que se arrasta subserviente ao FC Porto? Nenhuma!


Para "melhorar" ainda mais a sua imagem, e depois do Benfica ter tido toda a paciência e compreensão com a frustação causada pela perda de mais um troféu, o Sporting teve o atrevimento de querer beliscar o Benfica falando em "Verdade desportiva". Mas será que estes dirigentes do clube do Campo Grande não acertam uma?

 

E assim sendo, ouvirão e ouviram o que não gostariam! O Benfica respondeu esta segunda-feira às várias reacções resultantes da derrota do Sporting na final da Taça da Liga, reiterando a luta dos encarnados pela verdade desportiva e acusando o adversário de pactuar com o F.C. Porto para a queda da direcção do organismo presidido por Hermínio Loureiro.

 

«Capital de queixa tem o Benfica e nunca se comportou desta forma. Já sabíamos que havia um clube que queria derrubar a actual Direcção da Liga e queria fazê-lo desde o Apito Final. Ficámos hoje [segunda-feira] a saber que a posição da Direcção do Sporting é uma vez mais coincidente com este clube do Norte»,  lembramos ainda que «se há coisa que o presidente da Liga já demonstrou é que tem coluna vertebral e não tem medo de enfrentar Soares Franco nem qualquer aliado de Soares Franco.» Lamentamos, mas algum cheiro a "fruta" acabou por deixar... e algo começa a mudar. 

 

Sobre as acusações do Sporting ao árbitro Lucílio Baptista e ao futebol português, João Gabriel disse ainda e muito bem  «se há clube que está completamente à vontade em relação à verdade desportiva é o Benfica». «Todos recordamos o percurso que levou até ao Apito Dourado e Apito Final. E o único contributo do Sporting que vimos em relação à verdade desportiva foi ver o seu presidente sentado constantemente ao lado de Pinto da Costa», defendeu.

 

 

João Gabriel, em força e com a acutilância que estas birras merecem disse ainda que foi «sem surpresa, mas com muita paciência» que o Benfica acompanhou «a campanha montada desde sábado à noite pela Direcção do Sporting» e «cujo único objectivo é o de condicionar o desempenho de quem tem responsabilidades pela arbitragem até ao fim do campeonato». «O Sporting quer garantir o segundo lugar, o Benfica continua a pensar no primeiro», acrescentou.

 

 

A propósito e com a legitimidade de quem tem estado sozinho no verdadeiro combate à corrupção se lembram aqui as derrotas do Benfica no Dragão para o campeonato e do Rio Ave na Taça da Liga frente ao Sporting. «Há uma fronteira clara entre frustração de uma derrota e tremendo mau perder. Já se esqueceram do que aconteceu no Dragão, da forma como o F.C. Porto empatou? Recordam-se da postura do Benfica? Todos tiveram uma dignidade que a Direcção do Sporting não teve e esse jogo representava para o Benfica a liderança na Liga. Será que o Sporting esqueceu a forma como ganhou ao Rio Ave? Não recordo nenhuma manifestação de pesar», por parte do Sporting à data.

 

 «Temos orgulho na taça da Liga, que resultou de um percurso completamente transparente até à final, algo que outros não podem assumir», afirmou, recordando: «O jogo não acabou ao minuto 74 e o Benfica também tem razões de queixa da arbitragem, nomeadamente no capítulo disciplinar, já que Polga e Derlei deviam ter sido expulsos.»

 

E desta forma esperamos que não voltem a utilizar o nome "Benfica" neste assunto! Se quiserem de facto lutar pela verdade desportiva troquem os telhados...

 

São de VIDRO

publicado por Carlos às 20:59 link do post
23 de Março de 2009

Sobre este tema, eis o meu comentário:

 

Photobucket

 

 


Aproximadamente entre os 18 meses e os 3/4 anos, quase todas as crianças passam, com menor ou maior intensidade, por momentos de birras, o que deixa frequentemente os pais irritados, e sem saber como reagir.

 

As birras são um sinal de crescimento, e é uma característica duma fase em que a criança procura afirmar-se. Apesar de ser difícil lidar com este tipo de comportamentos, eles podem tornar-se em óptimas oportunidades de ajudar a criança a aprender a conviver com sentimentos como a frustração e a zanga, e a desenvolver a capacidade de auto-controlo.

 

A tarefa dos pais é ensinar à criança outras formas de expressar as suas necessidades, e a aceitar o facto de que nem sempre lhe fazem a vontade, em vez de fazer birra. É necessário que os pais não tenham receio de dizer não, explicando a razão de o fazerem. Cabe-lhes ensinar aos filhos que as birras não os farão mudar a sua opinião, bem como que o seu amor pelo filho não se alterará. Se mesmo assim não resultar, procure distraí-lo ou não lhe dê atenção por alguns minutos. Muitas birras terminam quando deixam de lhes dar atenção.

 

Após a criança controlar-se, felicite-a por ter optado pelo bom comportamento, e procure falar com ela sobre alternativas de se expressar, em vez de usar birras. Os pais têm que ser firmes e fazerem respeitar as suas regras. As crianças assim aprendem que tudo tem limites, e aprendem a viver em sociedade.

 

Apesar de ser difícil lidar com este tipo de comportamentos, eles podem tornar-se em óptimas oportunidades de ajudar a criança a aprender a conviver com sentimentos como a frustração e a zanga, e a desenvolver a capacidade de auto-controlo. A tarefa dos pais é ensinar à criança outras formas de expressar as suas necessidades, e a aceitar o facto de que nem sempre lhe fazem a vontade.

 

Apesar disso, não se pense que esta será a última birra…

publicado por Carlos às 19:38 link do post
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
16
17
18
21
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO