BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
03 de Outubro de 2010

Apesar de se saber, apesar de não constituir novidade, ainda assim estas novas escutas (quantas EVIDÊNCIAS destas a justiça ainda terá mais?) deixam-me apenas com o travo amargo de ver que este país (ainda) anda mais preocupado com as comemorações do 5 Outubro do que saber até ao fim o motivo pelo qual esta gentalha não está a ver o Sol aos quadradinhos. Com tamanha vergonha ainda me conseguem argumentar e contrariar o que venho a dizer, deixem-me saír deste vergonhoso país. Deixem o Benfica jogar numa liga que não esta

 

publicado por Carlos às 10:28 link do post
21 de Janeiro de 2010

Estou cansado. Imensamente cansado.

Cansado do Homem. Sim, cansado do ser humano. Cansado do “ser português”, Cansado de vaidades, chocarrices, futilidades; cansado de egoísmos, de "vampirismos"; cansado do ego humano, em especial do ego evangélico, dos donos da verdade, dos lobos disfarçados de cordeiros; cansado dos muitos que sempre se disseram “pela justiça e com a justiça” e nada mais fizeram senão e com maior ou menor eficiência  adorar o próprio ventre.

 

 

 

Farto dos "heréticos" e dos "apologetas"; cansado dos "fariseus", "nazireus", "profetas" e "extravagantes"; cansado dos hipócritas, que pregam a mentira como se fosse verdade — e também dos que pregam a verdade que não vivem, e são para si mesmos mentira. Cansado desta raça humana, falida, da qual eu faço parte. E, portanto, cansado também de mim mesmo.

Este é um desabafo, sim. Desabafo necessário e perfeitamente aceitável.

 

Aceitável pela legitimidade que me assiste por durante anos e anos, ter lutado contra aquilo que infelizmente apenas hoje o “português” ter acordado. Foi preciso ter-lhe entrado pelos olhos e ouvidos dentro as escutas que envolvem toda a escumalha sobejamente conhecida para que acordasse para a realidade.

 

Era legítimo poder ter algum sorriso nem que de sarcasmo fosse pelo que hoje se está a passar. Nem isso.

 

Letárgico é o meu estado de alma. Triste por olhar para tanto São Tomé. Triste por durante tanto tempo me ter sentido sozinho - com algumas excepções – amigos, consócios – adeptos de alguns outros Clubes que não o Benfica – poucos, muito poucos jornalistas e ainda menos líderes de opinião -  nesta demanda pela verdade desportiva, por assistir durantes anos ao bajulamento a uma personagem que em 25 anos conseguiu fazer algo que 800 anos vários outros caciques não conseguiram, dividir o meu País.

 

Letárgico, porque imagino neste momento as caras e estados de almas de todos os que cirandeiam à volta da Justiça Nacional sem vontade sequer de os mandar pintar a cara de vergonha.

 

E agora Lusitânia?

 

Não sendo causídico e isto apesar de já ter ouvido hoje um Juiz a garantir nada haver de ilegal na divulgação das escutas do processo do Apito Dourado, estou em crer que o português apenas acordou agora tendo como dínamo um acto ilegal que foram as publicações no You Tube de tudo aquilo que já se sabia.

 

Elas (algumas) aqui ficam enquanto não as retirarem claro está

:

 

 

 

 

 

 

publicado por Carlos às 16:12 link do post
26 de Agosto de 2009

Já ninguém liga nenhuma ao estafado discurso portista de se pretender "ganhar fora do terreno o que não se vence em campo",


Já ninguém liga rigorosamente nada ao facto de caso após caso toda esta gente implicada no Apito Dourado ter passado impune à justiça, uns por pretensos buracos na lei terem sido aproveitados por ratos de Direito outros por Juízes que condenam "uma escuta" ao Gondomar e não consideram dezenas delas a Pinto da Costa.


Pelo menos que neste momento os portistas tenham o bom senso de esconder a cara de vergonha antes de proferir o estafado lugar comum do "vencer na secretaria". Não pretendiamos (verbo no passado precisamente porque as vitórias azuis do passado estão emporcalhadas por esta podridão) qualquer vitória na secretaria, mas, de forma alguma pretendiamos perder via "TELEFONE"

 

Que pode a "Justiça" pensar ou sentir com mais um tiro na sua credibilidade com o que saíu hoje?


Vejamos:

 

Na véspera do encontro que decidiria a Supertaça da época de 2003-2004, o presidente do FC Porto preocupava-se em saber quem seria o árbitro que iria dirigir o confronto que poria frente a frente FC Porto e União de Leiria. Assim sendo, nada como obter informações junto de Pinto de Sousa, o presidente do Conselho de Arbitragem.


A frase que saíu? Significativa:

 

«É O QUE A GENTE COMBINOU»

 

Na véspera do encontro que decidiria a Supertaça da época de 2003-2004, o presidente do FC Porto preocupava-se em saber quem seria o árbitro que iria dirigir o confronto que poria frente a frente FC Porto e União de Leiria. Assim sendo, nada como obter informações junto de Pinto de Sousa, o presidente do Conselho de Arbitragem.


Mais uma escuta descoberta entre Pintos - o da Costa e o Sousa:


Entre a conversa hoje tornada publica e que em cada linha lida, me deu vontade de pedir a nacionalidade Espanhola, ou pelo menos que o nosso Benfica pudesse saír deste escremento chamado Futebol Português, em cada linha lida dizia a revolta aumentava até uma vez mais pensar "Mas o que mais é preciso???"

 

Conversa interceptada entre Pinto da Costa e Pinto de Sousa no dia 30 de Junho de 2003


chega apenas esta passagem... Pinto de Sousa para Pinto da Costa:

 

Pinto de Sousa: - "É...mas vou devagarito, pá, calmamente...vou falar com o Pedro Proença!"

Pinto da Costa: - "Vais?"

Pinto de Sousa: - "...grande jogo em Guimarãe, pá! Vai fazer um grande jogo!"

Pinto da Costa:- "Com recado para não expulsar ninguém"

Pinto de Sousa:- "Eh! Eh! Eh!"

 

...Nove dias mais tarde, no estádio Municipal de Guimarães, Pedro Proença seria de facto o árbitro da Supertaça. O Porto venceria por 1-0, golo de Costinha aos 55 minutos...


A imprensa unanimente destacou que o único golo da partida Costinha saltou com o guarda redes leiriense tendo este sido nitidamente impedido de chegar à bola pelo jogador portista...


Expulsões...De um jogador adversário.. e assim os Pintos puderam dormir descansados.


Justiça? Para onde vais?

 

 

 

publicado por Carlos às 17:30 link do post
06 de Agosto de 2009

A velha ideia do Criminoso que se ri da justiça por ver que questões burocráticas poder pavonear-se sem que nada lhe suceda repete-se na UEFA tal como sucedeu com a nossa Comissão de Disciplina da Liga.

 

É um regabofe.

 

Disciplina da UEFA considera-se desautorizada em avaliar o processo do FC Porto!

 

Tendo em conta os novos regulamentos para as competições europeias, que punem casos de corrupção ocorridos a partir de Abril de 2007, desautorizaram a disciplina da UEFA em avaliar o processo que chegou a excluir o FC Porto da Liga dos Campeões em futebol.

Em comunicado hoje divulgado, a UEFA explica que o Comité de Controlo e Disciplina da UEFA entendeu que "não estava autorizado em admitir ou excluir o FC Porto das competições europeias" face aos regulamentos aprovados para a época 2009/2010.

Ao contrário do que acontecia anteriormente, os novos regulamentos apenas prevêem punições para casos de corrupção a partir de 27 de Abril de 2007, uma alteração baseada "por certos pontos invocados pelo Tribunal Arbitral do Desporto".

Nessa mesma notificação, a UEFA já admitia que "o Comité de Controlo e Disciplina não pode abrir novos procedimentos para excluir o FC Porto, com base em eventos que tiveram lugar fora do período permitido".

Uma vergonha para Portugal e para os adeptos deste Clube corrupto até ao tutamo. Não existe qualquer noção de honra em todos os que contando com questõe de "regulamentos" vêm premiadas actuações corruptas para conseguir meter um triste Clube na órbita Europeia à semelhança do que fizeram no futebol Nacional.

 

De uma coisa é impossível livrarem-se da realidade de serem a vergonha do futebol portuguêsapós terem corrumpido tudo e todos em nome de meia dúzia de vitórias. Hipotecaram a imagem para sempre de um Clube sério que passou a ser sinónimo de Clube da Corrupção.

 

 

 

publicado por Carlos às 17:31 link do post
28 de Julho de 2009

É deveras interessante ver a sequência deste processo. Quero crer que as zangas que estão eminentes por dinheiros pedidos por uns para se calarem e dinheiros pagos por outros para mandar calar outros irão culminar em descobertas que em muito envergonhará a nossa justiça.

 

Pinto da Costa e Lourenço Pinto coincidem na acusação feita ao advogado José Dantas – 500 mil euros pelo silêncio de Carolina –, no entanto, em seguida as versões confundem-se. Lourenço Pinto ontem em tribunal diz que José Dantas lhe ligou durante um almoço para o seu telemóvel e que foi através do aparelho, colocado em alta voz, que o ouviu a tentar extorquir o dinheiro a Pinto da Costa. Noutro inquérito, Pinto da Costa falou do mesmo jantar mas, azar... referiu outro hotel como palco da conversa...

 

É ou não interessante seguir este processo?

 

Mas, se pensam que existem duas versões, esperem...no livro ‘Sombras e Luzes de um Dragão’, assinado por duas jornalistas, Pinto da Costa contou que José Dantas lhe ligou para o estádio e que o ameaçou com a revelação dos seus segredos para receber o dinheiro.

 

Três versões (3 !!!!) Extraordinário! E é com base neste novelo em que Pinto da Costa se meteu, que o advogado de Carolina Salgado quer confrontar o 3 depoimentos pedindo naturalmente o que o tribunal deveria ter feito JUNTAR OS TRÊS DOCUMENTOS!!!

 

Seguindo a "novela"  o representante de Pinto da Costa não aceitou, por...e esta parte agora é mais deliciosa de tudo isto "Mas não em desobediência à lei'". Repito  assegurou Gil Moreira dos Santos, advogado de Pinto da Costa "Mas não em desobediência à lei" citando uma série de artigos que impedem aquela pretensão.

 

Eis como vão gozando com tudo e todos e ...cá vamos andando com a cabeça entre as orelhas...

 

Bom, seguindo, porque existem mais personagens, o juiz remeteu para mais tarde a decisão de aceitar a junção dos 3 documentos, já que o advogado do motorista de Pinto da Costa, acusado de agredir Carolina, pediu prazo para se pronunciar. Confusos? Calma, mantenham a atenção.

 

Quem não poderia faltar?

 

Guarda Abel? Isso mesmo!

 

O guarda Abel voltou a marcar presença e a mandar um "Tenha cuidado a Pinto da Costa" e ao Motorista de forma muito, mas mesmo muito curiosa "depois liga para aqui...",tá?"

 

Ora vejam este vídeo e digam lá se não vos lembra algo que há uns anos passou aí pelas TVs...

 

http://videos.sapo.pt/Gdp8TIhDKFLYy9b3uNc0

 

 

 

publicado por Carlos às 18:14 link do post
25 de Abril de 2009

Apito Dourado

 

 A 5 de Novembro de 2008 o Tribunal de Gondomar condenou o árbitro Martins dos Santos a 20 meses de prisão e António Henriques, ex-elemento do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol e antigo presidente do Marítimo a 28 meses de cadeia, mas ambos com pena suspensa. Em causa estava a prática do crime de corrupção desportiva no âmbito de um jogo entre o Marítimo e o Nacional, da época 2003/2004.

 

A Juíza Manuela Sousa, responsável pelo julgamento do caso, considerou provado que Martins dos Santos praticou um crime de corrupção desportiva passiva e que António Henriques praticou o mesmo crime, na forma activa.

 

O tribunal validou as escutas, apoiando-se em decisões relativas ao processo originário do "Apito Dourado" e em acórdãos da Relação do Porto e do Tribunal Constitucional. "É legítimo o recurso àquela prova", acrescentou.

 

 

Pelo contrário, a juíza não considerou o relatório de peritagem às jogadas polémicas do desafio, uma vez que os peritos não o confirmaram em sede de audiência.

A acusação referia que Martins dos Santos teria como contrapartida, pelo alegado benefício do Marítimo, a promoção do seu filho, Daniel Santos, igualmente árbitro, da terceira à segunda categoria. Porém, a pronúncia referia apenas que Martins dos Santos terá obtido uma "vantagem não concretamente apurada". O tribunal entendeu, a este respeito, que as escutas referiam efectivamente a tese expendida na acusação.

 

As escutas não mentem e só quem teima em as não ouvir duvida da podridão em que vive o futebol português

 

Curiosidade, Martins dos Santos foi vencedor do Apito de Ouro, prémio instituído pelo Record precisamente no ano deste acontecimento...

 

Mas então porque a justiça funcionou em Gondomar e não funcionou em Gaia relativamente ao “Caso do Envelope”?

 

 

Parte da resposta está na postura e idoneidade da Juíza. Ao contrario da

Juíza Catarina Almeida, que fez ouvidos moucos às escutas e aos depoimentos de Carolina Salgado, previligiando os depoimentos de amigos (Antero Henriques, Pôncio Monteiro, José Fernandes e o tal Juíz António Mostágua) confessos dos arguidos. A Juíza de Gondomar fez exatamente o contrário.

 

 

As escutas foram inclusive utilizadas e ouvidas em tribunal na íntegra. Dessa forma e perante as evidências a defesa dos arguidos caíu por terra ficando claro o que era óbvio, a troca de favores entre os arguidos.

 

Mas, e como já aqui escrevi, o mais importante foi a forma como no caso de Gondomar a Juíza encarou e entendeu o crime de Corrupção. Se em Gaia não se provou que Augusto Duarte tivesse beneficiado o (FC) Porto na partida com o Beira Mar, logo não se provou dano e corrupção. Em Gondomar o mesmo aconteceu, mas com uma substâncial diferença; o simples facto de existir um telefonema a incitar a essa prática bastou para que se comprovasse como é lógico corrupção.

 

Ficamos assim a saber que perante a justiça é perfeitamente normal o que o Juíz Mortágua disse, “os valores a pagar aos árbitros eram e são do seu conhecimento”, mesmo no caso de Gaia o Tribunal Constitucional ter afirmado sobre as escutas telefónicas "É legítimo o recurso àquela prova", as mesmas foram ignoradas, e acima de tudo, é perfeitamente normal, um árbitro ir a casa de um Presidente de um Clube que irá arbitrar no dia seguinte. É normal que recebe um Envelope com dinheiro e é perfeitamente normal que a nossa Justiça ao escamotear provas com a importância que já vimos considere normal tudo o que se passou absolvendo “por falta de provas” duas pessoas que neste momento se riem da nossa Justiça.

 

E assim vai andando a nossa Justiça com a cabeça entre as orelhas. Posturas diferentes, Em Gondomar a Justiça foi cega e actuou, em Gaia a Justiça não foi cega, foi surda e assim permanecem impunes Pinto da Costa e Duarte Gomes.

Muito grave! Explicações sobre estas incongruências e acima de tudo medidas concretas sobre este estado de sítio em vive a Justiça portuguesa estão por dadas e tomadas.

Acham por isso estranho que Pinto da Costa ainda goze com tudo e todos dizendo não ter medo de ninguém? Pudera, o que é preciso? Que o homem tenha uma atque de consciência e admita tudo o que se tem passado nos ultimos 25 anos? Bom se tal acontecesse, ainda assim tenho a certeza que se safava por a Justiça considerar não poder ter em conta declarações de um demente.

 

E se Martins dos Santos foi condenado com base no encontro Marítimo - Nacional, a fama deste senhor precede-o. Como e muito bem o nosso Jornal "O Benfica" recorda como exemplo do que este árbitro andou a fazer pelos relvados durante anos: Na temporada 2003/04, o (FC) Porto e o Rio Ave encontraram-se para disputar as meias finais da Taça de Portugal com Martins dos Santos nomeado para este jogo. Época em que o Rio Ave estava a fazer uma carreira notável...logo..PC teria de prevenir. ...

 

Numa escuta interceptada, o presidente do (FC) porto telefona a Pinto de Sousa para que este desse uma "palavrinha" ao árbitro e, em especial ao 4º árbitro, Perdigão. O (FC) porto vence a partida por 2-1 com uma arbitragem polémica, com este 4º árbitro a ser determinante na amostragem de um cartão amarelo a um jogador do Rio Ave, que mais tarde acabaria expulso...

 

"A Bola" escrevia como título da Crónica deste desafio: "Dragões de raça abençoados por Santos e Milagres" E...quem era o Santos? O Martins claro.

 

No final deste encontro, Pinto da Costa telefona ao seu advogado pessoal, Lourenço Pinto, congratulando-se pelo resultado, ao que este lhe respondeu com risos e alegria, que iria de seguida jantar com a equipa de arbitragem...

 

É preciso dizer algo mais...?

 

Apenas que o caso está na gaveta da Procuradoria... 

 


publicado por Carlos às 16:26 link do post
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
NOTÍCIAS
Page Counter & TV

Hit Counters




pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO