BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
25 de Setembro de 2009

Ao que parece continua a ser necessário muito cuidado com os atropelos do motorista de Pinto da Costa...

 

Carolina Salgada esteve a responder a perguntas durante uma hora e meia n o tribunal de S. João Novo.

 

Depois de negar a autoria de uma tentativa de agressão ao médico Fernando Póvoas e o incêndio dos escritório do presidente portista e do advogado Lourenço Pinto, Carolina identificou Maria Elisa como um dos pomos de discórdia com o antigo companheiro.

 

Carolina disse ter recebido uma fotografia, por telemóvel, no qual Pinto da Costa e "a jornalista Maria Elisa " surgiam juntos, numa fase em que ainda vivia com o lider dos dragões.

 

Durante a sessão da manhã, Carolina assustou-se quando um dos arguidos, Afonso Ribeiro, motorista de Pinto da Costa, se levantou do banco dos réus e passou nas suas costas com a intenção de... sair da sala de audiências por momentos. Carolina tem sido protegida por um corpo de cinco agentes da PSP. .

publicado por Carlos às 16:15 link do post
26 de Agosto de 2009

Jornalista condenado a pagar danos causados no Automóvel de Pinto da Costa!


Esta poderá muito bem ser a notícia após José Carmo apresentar queixa-crime contra o motorista de Pinto da Costa.


O motorista do FC Porto que ontem transportava Pinto da Costa atropelou um jornalista do ‘JN’, à saída do Tribunal de S. João Novo, no final do audiência do julgamento em que o presidente do clube e a ex-companheira, Carolina Salgado, são arguidos. Afonso Ribeiro acelerou o Peugeot 607 quando passava junto de Carolina e dos jornalistas, abalroando José Carmo, que teve de receber tratamento no hospital. Depois, com Pinto da Costa e a advogada dentro do carro, partiu sem prestar auxílio à vítima de atropelamento e sem respeitar a polícia, que o mandou parar.


Esta foi a segunda vez que o motorista fez uma manobra intimidatória na rua do mesmo tribunal. O presidente do Porto reagiu à presença, pela primeira vez naquele julgamento, da ex-companheira. Carolina descia a rua de S. João Novo com a advogada Raquel Dantas, sendo seguida de perto por alguns agentes da PSP. Os repórteres fotográficos acompanhavam também os passos de Carolina Salgado, quando o automóvel onde seguia Pinto da Costa avançou em direcção aos jornalistas. O motorista acelerou na estreita rua, ignorando até o polícia que lhe bateu no carro dando sinal para parar.


Eu imagino o que me aconteria ignorasse um sinal de Stop de uma autoridade...


Carolina lá escapou ao se encostar à parede e assim o automóvel atropelou o jornalista, que depois de rolar entre as viaturas estacionadas acabou por cair desamparado na rua. Afonso Ribeiro ignorou e seguiu caminho. Pinto da Costa, que seguia no banco da frente, viu o atropelamento mas também não deu ordem ao seu motorista para parar.


"Não terá havido desobediência do motorista de Pinto da Costa e o sinal do agente para parar o carro não foi explícito. O condutor resolveu sair de lá com pressa e tocou no fotógrafo", disse ontem a PSP do Porto...


Eu imagino o que me aconteria ignorasse um sinal de Stop de uma autoridade...


As várias imagens que apanham o atropelamento não deixaram quaisquer dúvidas de que Afonso Ribeiro fugiu.

 

Estamos num estado de direito? A PSP da Cidade do Porto é PSP de Portugal ou do FC Porto? Que vergonha!!!

publicado por Carlos às 17:57 link do post
28 de Julho de 2009

É deveras interessante ver a sequência deste processo. Quero crer que as zangas que estão eminentes por dinheiros pedidos por uns para se calarem e dinheiros pagos por outros para mandar calar outros irão culminar em descobertas que em muito envergonhará a nossa justiça.

 

Pinto da Costa e Lourenço Pinto coincidem na acusação feita ao advogado José Dantas – 500 mil euros pelo silêncio de Carolina –, no entanto, em seguida as versões confundem-se. Lourenço Pinto ontem em tribunal diz que José Dantas lhe ligou durante um almoço para o seu telemóvel e que foi através do aparelho, colocado em alta voz, que o ouviu a tentar extorquir o dinheiro a Pinto da Costa. Noutro inquérito, Pinto da Costa falou do mesmo jantar mas, azar... referiu outro hotel como palco da conversa...

 

É ou não interessante seguir este processo?

 

Mas, se pensam que existem duas versões, esperem...no livro ‘Sombras e Luzes de um Dragão’, assinado por duas jornalistas, Pinto da Costa contou que José Dantas lhe ligou para o estádio e que o ameaçou com a revelação dos seus segredos para receber o dinheiro.

 

Três versões (3 !!!!) Extraordinário! E é com base neste novelo em que Pinto da Costa se meteu, que o advogado de Carolina Salgado quer confrontar o 3 depoimentos pedindo naturalmente o que o tribunal deveria ter feito JUNTAR OS TRÊS DOCUMENTOS!!!

 

Seguindo a "novela"  o representante de Pinto da Costa não aceitou, por...e esta parte agora é mais deliciosa de tudo isto "Mas não em desobediência à lei'". Repito  assegurou Gil Moreira dos Santos, advogado de Pinto da Costa "Mas não em desobediência à lei" citando uma série de artigos que impedem aquela pretensão.

 

Eis como vão gozando com tudo e todos e ...cá vamos andando com a cabeça entre as orelhas...

 

Bom, seguindo, porque existem mais personagens, o juiz remeteu para mais tarde a decisão de aceitar a junção dos 3 documentos, já que o advogado do motorista de Pinto da Costa, acusado de agredir Carolina, pediu prazo para se pronunciar. Confusos? Calma, mantenham a atenção.

 

Quem não poderia faltar?

 

Guarda Abel? Isso mesmo!

 

O guarda Abel voltou a marcar presença e a mandar um "Tenha cuidado a Pinto da Costa" e ao Motorista de forma muito, mas mesmo muito curiosa "depois liga para aqui...",tá?"

 

Ora vejam este vídeo e digam lá se não vos lembra algo que há uns anos passou aí pelas TVs...

 

http://videos.sapo.pt/Gdp8TIhDKFLYy9b3uNc0

 

 

 

publicado por Carlos às 18:14 link do post
06 de Março de 2009

Com a devida vénia a Rui Cartaxana aqui fica o seu texto "O Cafézinho" In Record

 

  


"As últimas cenas passadas dentro e fora do Tribunal de Gaia, onde estão a ser julgados por corrupção os srs. Pinto da Costa, presidente do FC Porto, Augusto Duarte, árbitro de futebol, e António Araújo, empresário de jogadores e "homem de mão" do presidente têm qualquer coisa de "dejá vu".

 

Algures noutras paragens, mais mediterrânicas e mais violentas, com base em dinheiro vivo, que passa de mão para mão com fins misteriosos em misteriosos envelopes, acontecem, de facto, cenas assim. O silêncio é a grande lei da família e testemunha que se atreva depor contra alguém do grupo (contra o chefe então, é impensável) é hostilizada e agredida, se não lhe acontecer pior, porque por ali só o silêncio é soberano e contra ele ninguém pode, nem os senhores da capital.

 

Todos nós já vimos coisas assim em cinema, só que agora temos ali a coisa ao vivo dada em directo e, mesmo se o guião não é tão radical, não faltam por cá os personagens estranhos e as situações. A testemunha maldita, Carolina, apesar de protegida (?) pela Polícia, acaba insultada e agredida por "populares", o agente da autoridade (árbitro) alegadamente corrompido não comparece, invocando misteriosa doença. O pior é que a sua versão não joga com a do alegado corruptor e figura central do drama (segundo ele, árbitro, foi apenas "tomar um cafézinho e ter uma conversinha" com presidente, precisamente na véspera de ir arbitrar um jogo com o FC Porto. O qual, presidente, "explica" tudo com um encontro de aconselhamento, a pedido do árbitro, "coisas familiares". Não falta, sequer, a figura do intermediário, engajador e "homem de mão", o fiel Araújo, presente em tudo e para tudo, ou a irmão-gémea, que trai a outra gémea, Carolina, a troco de benesses do "homem", vai depor contra o "próprio sangue" e corre com os jornalistas fazendo-lhes um gesto obsceno com o dedo da mão espetado. Tudo gente fina. Como se vê.

 

Pairando sobre as cabeças destes personagens de ópera bufa andam 2 500 € em cinco notas de 500, que a então doce Carolina diz que meteu num envelope a pedido do então marido e presidente para ofertar, com o "cafezinho", ao pobre Augusto Duarte, que eles precisava, vá-se lá saber para quê em conjuntura de tantas e tão grandíssimas dificuldades como as que vivemos.

 

Alguém percebeu aquela do presidente dizer agora em tribunal que sabia muito bem que tinha o telefone sob escuta? Estaria assim tão certo de que as escutas eram "ilegais"?"

publicado por Carlos às 12:00 link do post
05 de Março de 2009

Vamos a factos:

 

O presidente do (FC) Porto começou na terça-feira a ser julgado, no Tribunal de Gaia, no «caso do envelope» - Apito Dourado -, referente ao jogo Beira- Mar/FC Porto. Pinto da Costa é acusado por um crime de corrupção desportiva activa, que é punível com uma pena de prisão até quatro anos, pelo facto de a acusação sustentar que o empresário António Araújo levou o árbitro Augusto Duarte ao encontro do presidente do FCP, na casa deste último, em Gaia, a dois dias da 4ªjornada para o término da Liga 2003/04, que culminou com o título de campeão nacional para os portistas. O objectivo do encontro, segundo a acusação do Ministério Público, visava aliciar o árbitro para beneficiar o FC Porto na partida com o Beira-Mar, referente a 18 de Abril de 2004.

 

 

Carolina decisiva. Pelo mesmo crime responde também o empresário de futebol António Araújo, sendo que o árbitro Augusto Duarte é acusado pelo crime na forma passiva. Os depoimentos de Carolina Salgado, a excompanheira de Pinto da Costa, foram também

decisivos para a acusação do processo, nomeadamente quando referiu ter visto Pinto da Costa entregar um envelope com 2500 euros em dinheiro ao árbitro Augusto Duarte, aquando da visita deste à sua casa.

 

“Augusto não deu cheirinho” A juíza de instrução criminal Anabela Tenreiro desvalorizou o argumento da falta de credibilidade de Carolina, cujo depoimento serviria, na tese da defesa, apenas “para se vingar e humilhar publicamente” o ex-companheiro. O jogo terminou com um empate a zero e, após o jogo, Pinto da Costa é escutado a conversar com o então presidente do Conselho de Arbitragem da FPF, Pinto de Sousa, a quem diz que o árbitro “também não esteve mal mas não deu cheirinho nenhum, nada”. O processo tinha sido arquivado pelo Ministério Público de Gaia, em 2006, por falta de indícios, mas foi reaberto em Fevereiro de 2007 pela magistrada Maria José Morgado. A segunda sessão do julgamento está marcada para o próximo dia 9 de Março. Relembre-se que o “caso envelope” esteve na base das condenações disciplinares e desportivas a Pinto da Costa e Augusto Duarte decretadas, em Maio passado, pela Comissão Disciplinar da Liga -, sido o árbitro sido, suspenso por seis meses e o presidente do FC Porto penalizado por dois anos e uma coima de dez mil euros. “Caso envelope” foi reaberto em 2007 “Caso do envelope” em andamento Dia 3/3Justiça? Pinto da Costa julgado em Gaia.

 

O que se sabe:

 

De acordo com a Acusação do MP, o empresário António Araújo e o árbitro Augusto Duarte são amigos de longa data, facto que justifica a utilização do termo 'amiguinho' nas conversas telefónicas entre ambos.

A ligação entre ambos leva mesmo o árbitro de Braga a pedir ao empresário bilhetes para o jogo entre o FC Porto e o Manchester United, a contar para Liga dos Campeões que o FC Porto viria a arrecadar nessa época.

Dias antes do jogo com o Beira-Mar, que amanhã começa a ser julgado, Araújo telefona a Duarte tendo em vista um almoço em que se sentariam à mesa com Pinto da Costa. Duarte rejeitou, por dar muito nas vistas, mas foi a casa do presidente portista a dois dias do encontro.

 

INCONGRUÊNCIAS

Entre as incongruências da Defesa, está o facto de Pinto da Costa e Araújo terem assegurado que Carolina estava doente, no quarto. Augusto Duarte veio confirmar que foi ela quem recebeu e apresentou a casa às visitas. Entendam-se ok?
 

ARQUIVADO PELO DIAP

Recordemos que o processo chegou a ser arquivado pelo DIAP (???) do Porto e foi reaberto pela equipa de Maria José Morgado. Pois, que remédio.
 

 

publicado por Carlos às 22:24 link do post
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
NOTÍCIAS
Posts mais comentados
Page Counter & TV

Hit Counters




pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO