BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
03 de Outubro de 2010

Apesar de se saber, apesar de não constituir novidade, ainda assim estas novas escutas (quantas EVIDÊNCIAS destas a justiça ainda terá mais?) deixam-me apenas com o travo amargo de ver que este país (ainda) anda mais preocupado com as comemorações do 5 Outubro do que saber até ao fim o motivo pelo qual esta gentalha não está a ver o Sol aos quadradinhos. Com tamanha vergonha ainda me conseguem argumentar e contrariar o que venho a dizer, deixem-me saír deste vergonhoso país. Deixem o Benfica jogar numa liga que não esta

 

publicado por Carlos às 10:28 link do post
09 de Junho de 2010

Já à venda a verdade escondida por dezenas e conhecida por milhões!

 

 


publicado por Carlos às 21:41 link do post
21 de Janeiro de 2010

Estou cansado. Imensamente cansado.

Cansado do Homem. Sim, cansado do ser humano. Cansado do “ser português”, Cansado de vaidades, chocarrices, futilidades; cansado de egoísmos, de "vampirismos"; cansado do ego humano, em especial do ego evangélico, dos donos da verdade, dos lobos disfarçados de cordeiros; cansado dos muitos que sempre se disseram “pela justiça e com a justiça” e nada mais fizeram senão e com maior ou menor eficiência  adorar o próprio ventre.

 

 

 

Farto dos "heréticos" e dos "apologetas"; cansado dos "fariseus", "nazireus", "profetas" e "extravagantes"; cansado dos hipócritas, que pregam a mentira como se fosse verdade — e também dos que pregam a verdade que não vivem, e são para si mesmos mentira. Cansado desta raça humana, falida, da qual eu faço parte. E, portanto, cansado também de mim mesmo.

Este é um desabafo, sim. Desabafo necessário e perfeitamente aceitável.

 

Aceitável pela legitimidade que me assiste por durante anos e anos, ter lutado contra aquilo que infelizmente apenas hoje o “português” ter acordado. Foi preciso ter-lhe entrado pelos olhos e ouvidos dentro as escutas que envolvem toda a escumalha sobejamente conhecida para que acordasse para a realidade.

 

Era legítimo poder ter algum sorriso nem que de sarcasmo fosse pelo que hoje se está a passar. Nem isso.

 

Letárgico é o meu estado de alma. Triste por olhar para tanto São Tomé. Triste por durante tanto tempo me ter sentido sozinho - com algumas excepções – amigos, consócios – adeptos de alguns outros Clubes que não o Benfica – poucos, muito poucos jornalistas e ainda menos líderes de opinião -  nesta demanda pela verdade desportiva, por assistir durantes anos ao bajulamento a uma personagem que em 25 anos conseguiu fazer algo que 800 anos vários outros caciques não conseguiram, dividir o meu País.

 

Letárgico, porque imagino neste momento as caras e estados de almas de todos os que cirandeiam à volta da Justiça Nacional sem vontade sequer de os mandar pintar a cara de vergonha.

 

E agora Lusitânia?

 

Não sendo causídico e isto apesar de já ter ouvido hoje um Juiz a garantir nada haver de ilegal na divulgação das escutas do processo do Apito Dourado, estou em crer que o português apenas acordou agora tendo como dínamo um acto ilegal que foram as publicações no You Tube de tudo aquilo que já se sabia.

 

Elas (algumas) aqui ficam enquanto não as retirarem claro está

:

 

 

 

 

 

 

publicado por Carlos às 16:12 link do post
14 de Janeiro de 2010

 

 

Bem tentei, queria ficar calado e não perder um único minuto com Pinto da Costa. Vá lá, estou a falar a sério, desta vez….

 

Não consegui. Sou um fraco, eu sei. Tanto por me recusar a comer couve-flor por não deixar de fumar e por ter de falar de um homem doente.

 

Começo por dizer que serei desumano, frio e cruel. Não me sinto pronto para comer o tal do legume, deixar de fumar, nem para tirar partido das bolsadas fedorentas do Pinto da Costa (Fedorentas….lá iremos)

 

Desumano porque coitado, é um homem doente.

 

Sejam justos, eu sei que quando se fala de Pinto da Costa, além de nos vir de imediato à cabeça vontade de comer fruta (a real, a que nasce da mãe natureza, afinal já estavam a pensar em qual?) surge também a ideia de estarmos perante alguém do domínio do desporto, pois esse, ou então algo relacionado com a justiça; Nada mais errado, ele é um caso do foro psiquiátrico!

 

Eis porque considero ser cruel falar de alguém que absolutamente necessita de apoio nessa área.

 

É com a experiência de  décadas de leitura e de audições (escutas não) que tenho assistido a um fenómeno curioso, o aumento de casos conhecidos de corrupção. Atenção disse conhecidos. Vá-se lá saber se no período antes de Pinto da Costa/Pedroto havia igual número de casos de corrupção, sem serem no entanto conhecidos. O que é factual é que tal como o nascimento  de Cristo marcou o nosso calendário com o habitual AC – DC, o nascimento da dupla Pedroto, Pinto da Costa marcou igualmente outra época. A actuação (ou falta dela) do Poder Judicial.

 

Assim esse período marca de facto o aumento dos casos de corrupção, estimulada pela impunidade. ... A imagem FC Porto / Viena já foi criada na ilegalidade, na sua sua história nua e crua só pode orgulhar certo tipo tupiniquim de mafioso muito comum nas "nossas elites".

Qual inquisição, os torturadores e seus defensores sentem medo dos olhares dos justos, daqueles que os desnudam com um simples olhar. Aquilo faz-lhes mossa, mas seguem e sempre seguiram impávidos e serenos orgulhosos pela  lembrança das atrocidades por eles perpetradas. Esperavam não ser descobertos, ou pelo menos, se se descobrisse que fosse já pelos seus netos e bisnetos. Mas não foi. Ainda foi em tempo de os podermos olhar e sentir o desespero dessa corja receosa da choldra. Quem tem medo da verdade é porquê tem o rabo preso.

As últimas flatulências verbais de sua Santidade da invicta deverão fazer corar de vergonha quem legisla, quem os não poude apanhar ou não quis “apanhar na esquina”. Não é a mim, nem a quem sempre soube e sabe que o que está gravado é real sem lei para prova, o que é diferente de ter sido provado ser mentira, que deve fazer sentir o peso da vergonha.

Este ser chamado de Pinto da Costa entre-meio escuro e abjecto usou e abusou de meios para atingir fins de todos conhecidos.

Passada a fase de quarentena, passada a fase em que procurou fugir para a Galiza, sai do seu buraco finalmente…mas…já não é o mesmo. Por isso digo e assumo estar a ser cruel com a lguém demente e a necessitar de acompanhamento.

O que me envergonha? Aí sim é ouvir um estrangeiro dizer que a nossa justiça tinha uma imagem  de lenta sim, mas implacável. Neste momento continua lenta e podre como fruta sem ser colhida. Um país com impunidade gera impunidade. A história estará sempre fadada  repetir-se. Num país permissivo, que não exerce sua indignação,e não acredita por razões óbvias na sua Justiça está condenado até que surja um “Garzon” à portuguesa que sem receio separe o trigo do joio e ponha ordem nesta tão maltratada Justiça Portuguesa …

Por todo o lado se sente medo. Nos políticos, na imprensa, entre os profissionais de futebol e não só…

Mas que QUE MEDO é esse de se revelar a Verdade? Será que é maior do que o Medo de não  poderem olhar para seus próprios filhos? Ou medo de não se  poderem olhar no espelho?…

 

 

Porque é que não inventam um apito encarnado ou de outra cor qualquer"? Disse o demente …

 

Muito bem…

O Padrinho do Norte já  não se convence de forma alguma que, não está acima da lei. Já teve a sorte e mãozinhas leves que lhe arquivaram os processos, o que quer este sujeito mais? Agora uma coisa é certa, não pode vir para as televisões debitar a sua ira sem antes pensar que está impedido de o fazer. Por isso, eu sei que é uma ninharia ao pé do que merecia, mas castigo e suspensão já!!!

Que diz agora a Justiça? Ou faz? Tapa a boca, corta as orelhas e tira os olhos?

O Senhor Presidente do FC Porto, que pediu uma  investigação ao futebol, está proibido de falar sobre a competição. Facto!  Não é preciso nada mais.

O pedido púbico de Pinto da Costa ao secretário de Estado da Juventude e Desporto para fazer "um apito encarnado" e "apurar o que se está a passar nos campos do futebol português", poderão valer-lhe uma nova suspensão.

Esta personagem vestida de Papa,  está castigada no âmbito do "Apito Final", com uma suspensão que incluiu a proibição de prestar declarações sobre a competição. Ficou inibido de exercer funções no âmbito da competição desportiva durante dois anos, tempo esse que só termina em Maio. Em Novembro de 2008, viu o castigo agravado, em quatro meses, também por declarações prestadas a um canal televisivo. Mas o Conselho de Justiça da FPF deu -lhe razão no recurso relativo ao agravamento da pena, mantendo- -se, assim, válida a sanção inicial de dois anos, que termina apenas no próximo mês de Maio.

O seu discurso nas comemorações do 10.º aniversário da Casa de Espinho, durante o qual afirmou que "inventaram apitos dourados" e "foram arquivados todos os processos", poderão agora ser analisadas pela Comissão Disciplinar, que poderá agravar a suspensão do presidente portista.

A não ser…

À semelhança do que os causídicos seguidistas do Papa do Porto sigam uma linha de raciocino idêntica à ridícula e absurda   tentativa de ilibar os agressores do túnel na Luz. Como se sabe todos eles foram provocados pela testa ou pelo corpo do segurança. É algo habitual então. A mim já me aconteceu, vou na rua e vejo uma testa a provocar-me por isso respondo à “agressão”.  Retomando, se a linha de raciocínio for idêntica podem sempre alegar que a semelhança com a personagem Pinto da Costa é pura coincidência. As comemorações do 10.º aniversário da Casa de Espinho contaram sim com a presença de um Palhaço a tentar dizer umas graçolas. Como aquilo não resultou nos ensaios meteram-lhe uma máscara do Pinto da Costa e aí a coisa já dava para fazer rir o povo no meio de uns chouriços assados e um belo carrascão. Hummm, sim talvez seja esta a defesa.

Não podia ainda deixar de falar sobre a intenção do presidente do FC Porto em processar os humoristas Gato Fedorento, comentando que «são pagos para dizer mal» do clube nos artigos publicados no jornal A Bola.

Ó homem, mete-te no asilo pá. Assim nem a imagem de Mafioso competente resguardas. Humor inteligente e certeiro, custa? Pois. Quando as verdades custam a engolir tenta-lhe meter manteiga (já viste o último Tango em Paris? Inspira-te pá) Já paraste para pensar que assim sendo vais acabar por processar um país inteiro. Todos temos um pouco de fedorentos, até os Juízes, só que estes nada podem contra buracos de lei aproveitados por ratos das leis. Neste momento o que mais há é fedorentos e cada vez são mais a dar luz a certas mentes que se mantinham na idade das trevas. A combater dogmas instituídos vai para 30 anos

 

 

Termino com esta significativa frase de Ricardo Costa Presidente da Comissão de Disciplina Da Liga :

 

 

 

 

"Se fosse hoje o FC Porto seria condenado"Ricardo Costa Presidente da CDL dixit

publicado por Carlos às 16:43 link do post
13 de Dezembro de 2009

Agora que sabemos da boca do senhor Platini que o Porto não faz batota, assim como a França por mérito próprio está no Mundial, iniciamos ou reiniciamos apenas recorrendo a factos a defesa de sua Santidade Papa Apinto da Costa e seus Bispos



COmeçando por um o árbitro que nos "calha em sorte" nos momentos mais oportunos:

 

A Comissão Disciplinar da Liga ouviu nos últimos meses a maioria dos árbitros da I categoria e árbitros assistentes. Muitos foram os depoimentos que deram indicações sobre a forma de agir de Valentim Loureiro. Três dos mais importantes, de acordo com fontes ligadas ao processo, foram os do ex-árbitro e actual observador da Liga, Ezequiel Feijão, do árbitro assistente Paulo Januário e do juiz madeirense, Elmano Santos.
 

O jogo Benfica - Boavista de 18 de Janeiro de 2004 ( 3-2) foi o único assunto que levou Elmano, então árbitro do referido encontro, à Comissão Disciplinar. Durante o interrogatório, esteve o telefonema feito por Valentim Loureiro ao árbitro em causa, uma questão com a qual o juiz já tinha sido confrontado na PJ. Segundo o que foi divulgado na altura da investigação do Apito Dourado, Valentim telefonou a Júlio Mouco, elemento da comissão de arbitragem, sugerindo o nome de Elmano Santos. João Loureiro, presidente do Boavista, contactou Carlos Pinto, funcionário da LPFP, para este dar um "toque" ao árbitro. O Boavista acabaria por perder o jogo (3-2) e Valentim terá telefonado a Elmano Santos, "bastante irado", segundo o MP, considerando que o árbitro acabou por prejudicar o Boavista. E foi sobre esta situação que a CD interrogou Elmano Santos.
 

Lembro o seguinte: Paulo Januário, árbitro assistente, mereceu elogios de Pinto da Costa registados numa das conversas telefónicas gravadas pela PJ

publicado por Carlos às 17:54 link do post
26 de Agosto de 2009

Já ninguém liga nenhuma ao estafado discurso portista de se pretender "ganhar fora do terreno o que não se vence em campo",


Já ninguém liga rigorosamente nada ao facto de caso após caso toda esta gente implicada no Apito Dourado ter passado impune à justiça, uns por pretensos buracos na lei terem sido aproveitados por ratos de Direito outros por Juízes que condenam "uma escuta" ao Gondomar e não consideram dezenas delas a Pinto da Costa.


Pelo menos que neste momento os portistas tenham o bom senso de esconder a cara de vergonha antes de proferir o estafado lugar comum do "vencer na secretaria". Não pretendiamos (verbo no passado precisamente porque as vitórias azuis do passado estão emporcalhadas por esta podridão) qualquer vitória na secretaria, mas, de forma alguma pretendiamos perder via "TELEFONE"

 

Que pode a "Justiça" pensar ou sentir com mais um tiro na sua credibilidade com o que saíu hoje?


Vejamos:

 

Na véspera do encontro que decidiria a Supertaça da época de 2003-2004, o presidente do FC Porto preocupava-se em saber quem seria o árbitro que iria dirigir o confronto que poria frente a frente FC Porto e União de Leiria. Assim sendo, nada como obter informações junto de Pinto de Sousa, o presidente do Conselho de Arbitragem.


A frase que saíu? Significativa:

 

«É O QUE A GENTE COMBINOU»

 

Na véspera do encontro que decidiria a Supertaça da época de 2003-2004, o presidente do FC Porto preocupava-se em saber quem seria o árbitro que iria dirigir o confronto que poria frente a frente FC Porto e União de Leiria. Assim sendo, nada como obter informações junto de Pinto de Sousa, o presidente do Conselho de Arbitragem.


Mais uma escuta descoberta entre Pintos - o da Costa e o Sousa:


Entre a conversa hoje tornada publica e que em cada linha lida, me deu vontade de pedir a nacionalidade Espanhola, ou pelo menos que o nosso Benfica pudesse saír deste escremento chamado Futebol Português, em cada linha lida dizia a revolta aumentava até uma vez mais pensar "Mas o que mais é preciso???"

 

Conversa interceptada entre Pinto da Costa e Pinto de Sousa no dia 30 de Junho de 2003


chega apenas esta passagem... Pinto de Sousa para Pinto da Costa:

 

Pinto de Sousa: - "É...mas vou devagarito, pá, calmamente...vou falar com o Pedro Proença!"

Pinto da Costa: - "Vais?"

Pinto de Sousa: - "...grande jogo em Guimarãe, pá! Vai fazer um grande jogo!"

Pinto da Costa:- "Com recado para não expulsar ninguém"

Pinto de Sousa:- "Eh! Eh! Eh!"

 

...Nove dias mais tarde, no estádio Municipal de Guimarães, Pedro Proença seria de facto o árbitro da Supertaça. O Porto venceria por 1-0, golo de Costinha aos 55 minutos...


A imprensa unanimente destacou que o único golo da partida Costinha saltou com o guarda redes leiriense tendo este sido nitidamente impedido de chegar à bola pelo jogador portista...


Expulsões...De um jogador adversário.. e assim os Pintos puderam dormir descansados.


Justiça? Para onde vais?

 

 

 

publicado por Carlos às 17:30 link do post
16 de Agosto de 2009

Um tal pau mandado, sabujo fiel ao seu dono ou rato a saír do buraco por ver a casa a arder ao fugir agarrou pelo caminho o seu maior desejo o "BENFICA". O tal rato que dá pelo nome de Antero Henrique fazendo de caixa de eco do seu dono diz que o Benfica não sabe ganhar em Democracia... mas, , mas não sabe ganhar o quê? Apitos? Fruta Dourada? Sim isso apenas se ganha na tua aldeia ó Antero.


Não deixa de ser curioso, ao tempo de que esta corja não falava do Benfica.  Estarão a preparar-se e a preparar? Diz o Antero, sobre o "Apito Dourado o nosso departamento juridico trata disso". Como disse há dias apenas te safaste porque tiveste outros ratos da tua criação feitos advogados a cheirar buracos na lei, caso contrário neste momento estarias onde mereces.


Situa-te rapaz Antero, se o Benfica não te dá luta deixa-o estar.Não percas tempo a falar da carteira dele. não atires pedras, o estadio do draga apitos é todo feito de vidro!


Agora é a sério? Essa agora, no Benfica é sempre a sério ó Antero. Sempre! Uma pré-época é a sério. Aí na travaessa das antas, não é? Estás com medo, aliás por essas bandas estão atrapalhados e tu és apenas mais uma voz do dono.


Nem com 25 anos de corrupção te passou o provincianismo? Pobre de espírito...


Virá o dia em que será feita a história do Porto como se fez de Chicago e de Al Capone. O teu papel na história Antero? Sabes aqueles rapazes a quem Al Capone dizia, toma lá uns dinheiros e vai comprar rebuçados? É esse mesmo.


Agora é a sério sim, mas no campeonato da travessa das antas, não tem problema, vamos a isso, veremos se sem fruta dourada não será o clube do Campo Grande a dar luta e não os ratos da travessa das Antas

publicado por Carlos às 15:45 link do post
05 de Agosto de 2009

José Luís Oliveira foi condenado a nove anos de suspenção por crime muito grave, nomeadamente, a corrupção consumada!

 

Na origem da sua condenação encontramos uma Escuta, datada de 2 de Janeiro de 2004, em que o então presidente do Gondomar telefona ao árbitro Pedro Sanhudo, convidando-o para jantar, na véspera de um desafio que este ia apitar em que entravam Gondomar e Pedras Rubras, relativo à 18ª Jornada da II Divisão B. Pedro Sanhudo foi realmente o árbitro do encontro e o Gondomar venceu com um golo muito polémico.

 

Este convite, recorda-vos algo!?

 

Mais uma ajuda! Os Dragões Sandinenses apresentaram uma queixa, denunciando que o Gondomar tinha pago 2500 Euros ao Braga B, para que estes vencessem os Dragões Sandinenses...Então? Já estão recordados?

 

Pois é...até parece o caso do envelope com 2500 Euros, na vépera de um FC Porto Beira Mar que este Árbitro ia apitar!!! As semelhanças são muitas: o telefonema, o momento, os 2500 Euros! As diferenças? José Luis de Oliveira foi condenado a 9 anos de suspenção e o Gondomar desceu de divisão; Pinto da Costa continua a rir-se do "Apito" e a gozar de impunidade!

publicado por Carlos às 17:57 link do post
04 de Agosto de 2009

leandro lima,léo lima,fc porto,Corrupção Desportiva,Corrupção no Futebol,política de empréstimos,suspeição,suspeição no futebol português,vitÃria de setúbal

 

A rejeição por parte da Assembleia Geral da Liga de Clubes da proposta do Benfica sobre a actual politica de Empréstimos vai continuar a minar a verdade desportiva de uma forma indelével e descarada.

 

Coloquemos os nomes às coisas. O FC Porto tem neste momento vários Clubes Satélites, seja via empréstimos em massa, seja por "acordos amigáveis" com Clubes da 1ª Liga Portuguesa. São vários os exemplos; Olhanense, V Setúbal, Braga,Leixões, União de Leiria e Belenenses. Eis os principais Clubes na órbita do clube azul e branco.

 

O que acontece na realidade? No Futebol português vai continuar a não haver limites na cedência de atletas emprestados por parte de um Clube cedente a um Clube cessionário "coabitando" na mesma competição. Recorde-se que o Benfica pretendia proibir que um Clube SAD ou o que lhe queiram chamar emprestasse mais de três jogadores por época desportiva por forma a evitar o abuso de empréstimos de jogadores face às situações de dúvida que a situação acarreta. A proposta benfiquista, importa enquadrar no contexto do futebol português, foi também avançada para a mesa de reunião face à crescente circulação de jogadores vinculados ao FC Porto - na temporada 2008/09 os portistas tinham 41 jogadores emprestados, 14 dos quais a clubes da I Liga, e nas épocas 2006/07, 2007/08 e 2008/09 à União de Leiria, ao Leixões e V.Setúbal contavam com quatro jogadores cedidos pelo FC Porto, respectivamente. Ou seja, não foi colocado um travão ao domínio excessivo do Porto em matéria de empréstimos. E não me venham dizer que esta politica (41 jogadores emprestados) é para "rodar atletas" com o objectivo de posteriormente os fazer regressar. Basta contarem quantos "regressos" existiram.

 

Face à rejeição da proposta do Sport Lisboa e Benfica, poderão voltar a acontecer situações susceptíveis de suspeição como aquela que ocorreu sobre o minuto 58 do jogo FC Porto - V Setúbel, relativo à 26ª Jornada, durante o qual o técnico sadino, Carlos Cardoso, substituiu dois jogadores contractualmente vínculados aos portistas (Leandro Lima e Bruno Gama) que estavam a realizar boas exibições (unanimentente confirmado por toda a imprensa) - antes das substituições verificava-se uma igualdade a zero, depois das substituições o FC Porto lá marcou dois golos. Mas que grande coincidência.

 

O não à proposta benfiquista também não protege os jogadores emprestados na eventualidade de um erro futebolístico num jogo contra o clube a quem o atleta está vinculado e encerra uma concorrência desleal na competição - os clubes que recebem três ou mais jogadores emprestados, por terem uma ligação priviligiada com um determinado emblema, são beneficiados do ponto de vista desportivo e financeiro ao invés dos clubes que não têm esse privilégio.

 

Eis as questões a reter:

 

Proibir que um Clube empreste mais de três jogadores ao mesmo Clube em cada época desportiva evitando assim o abuso de empréstimos e a situação de dúvida que ele propicia

 

Necessidade de se criar a infracção tráfico de influências, propondo sansões ao exercício e abuso de influência que pode passar pela descida de divisão ou exclusão da prova

 

Actualização da infracção denominada "corrupção de árbitros". Deve-se verificar com a solicitação parcial do árbitro e que deve ser dispensada a prova dessa actuação parcial. Até lá esperemos sentados que surja alguém a dizer, "Eu corrompi" ou "Eu fui corrompido". Haja bom senso.

 

publicado por Carlos às 18:13 link do post
30 de Julho de 2009

Apesar das autoridades já terem conhecimento de uma conta para onde existiu um fluxo de dinheiro não explicado por parte de Pinto da Costa, apenas a partir de hoje a procuradora Maria José Morgado e a equipa especial constituída para investigar o "Apito Dourado" está a investigar qual a instituição bancária, fundos existentes e principalmente a justificação e origem de tais valores. O único dado apurado é que essa Conta está sediada em Genebra.

 

Apesar da morosidade de todo este processo aguardemos. O caso está longe de estar encerrado.

publicado por Carlos às 15:00 link do post
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
NOTÍCIAS
Page Counter & TV

Hit Counters




pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO