BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
16 de Fevereiro de 2009

A analogia que aqui já usei sobre o que se passa aqui pela "pacata Lusitânia" e o mês de Fevereiro ser o mês dos Óscares vem mesmo a propósito de novos desenvolvimentos cinematográficos.

 

Yebda, marcou...mas...não chegou. Porquê? Já todos sabemos o porquê.

 

fomos ajudados a aligeirar a carteira onde constavam 3 pontos. Se uso o termo ROUBO ainda sou castigado e no minimo fico 3 jogos sem poder ir à Luz e uma semana sem poder comer pernas de pau.

 

Mas que maçada esta. Será que os argumentistas da Liga tal como nos EUA estão em greve ou a inspiração já teve melhores dias?

 

Mudem o filme, mudem o argumento bolas. Ora esta, já cansa, é sempre o mesmo, só mudam as personagens, assim não!!!! Yebda? E depois? Esse papel já foi de Kandaurov, de João Pinto de Amral...etc.

 

 

Como se não bastasse, tentam-nos enganar apenas pelo facto de mudar o cenário. Ora essa, a "malta" até percebe disto da sétima arte. Agora a personagem usada, já não precisa de usar uma águia ao peito? Já usam o Fábio Coentrão? Mas esse usa verde às riscas. Ah, estavam a ver se passava. Não, nem pensar, o filme é o mesmo.

 

Porto marca em penalty inexistente, o rapaz marca um daqueles chamados golões ao Helton. Cena final do filme? O Ernesto "comes lately" (era apenas um nome de um filme, mas diferente deste), sobe pelas costas do defesa do Rio Ave e marca.

 

Srs Produtores, má tentativa, o filme é o mesmo!!!!

 

E no meio de mês de sétima arte, o argumento deste filme esgotado acaba de em apenas dois jogos dar 5 (cinco!!!) pontos de mão beijada ao porto:

 

Eis um fantástico mergulho para a piscina seguido de mais um Penalty fantasma a dar o 1-0


 

 

 

Em seguida, o único golo legal lá pelos lados do Dragão. E de quem devia ser? Por acaso de um jogador emprestado pelo Benfica, Fábio Coentrão. Quique, atenção a este míudo

 

 

 

 

 

Querem ver, querem ver como o filme é o mesmo? Lá estavam dois pontos a voar...sem problema...eis o Ernesto a trepar...


 

 

 

Para completar o mesmo filme, o mesmo argumento, ainda lembro que o nosso Fábio Coentrão foi agredido verbalmente no tal túnel das Antas, perdão do Dragão e nem uma palavra dos dirigentes do Rio Ave.

 

Epílogo e créditos finais desta película, sem dúvida para Carlos Brito. Na Luz depois de ter levado um banho de bola (e de água) fez um barulho tremendo sem ninguém perceber porquê. Neste jogo...segundo o mesmo Carlos Brito, "tudo normal" com os habituais lugares comuns da historiqueta "que esta postura dos meus jogadores se repita nos mesmos jogos"

 

publicado por Carlos às 20:51 link do post
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
22
24
NOTÍCIAS
Page Counter & TV

Hit Counters




pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO