BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
23 de Setembro de 2010

 

 

Este Vilas Boas conseguiu em pouco mais de 3 meses dizer mais asneiras do que em toda a sua vida.

 

Há que lhe dar mérito.

 

Numa coisa lhe dou toda a razão. O FCP deve pedir que Vitor Pereira se pronuncie de igual forma sobre o Porto.

 

Nesse caso o dirigente da arbitragem teria direito à criação de um Canal, o "Victor Pereira TV". Emitiria durante 24 horas diárias pedidos de desculpa pelas "ajudas" ao FCP.

 

Seria uma programação interessante, um género de Borda d'Água do Futebol. Ficaríamos assim por exemplo com um programa educativo sobre a "fruta da época" e claro está o programa matinal "Café com Leite".

 

E não, não me esqueci do sucesso garantido de um programa na linha de "Horizontes da memória". Apenas não o inclui porque por si só ter "material" para a criação de um Canal "Victor Pereira Memória". Ah que belos programas iríamos poder recordar.

Este antigo aguadeiro do Mourinho não tendo propriamente vocação para a 7ª arte resolveu ser o que é,  palhaço. Está no seu direito.

 

Muito bem, o que agora vou escrever peço a alguém que lho explique porque tanto o seu Quociente de Inteligência como o seu Quociente Emocional não lhe permitiria entender. O Benfica não precisa de jogos repetidos, precisa de isenção. E se assim acontecesse, não seria um jogo apenas repetido.

 

Por falar em ressarcir alguém diga a este aprendiz que se fosse esse o caso, das duas uma, ou o Benfica teria pelo menos durante 25 anos direito a ser beneficiado pelas arbitragens ou o FCP estaria neste momento a discutir a classificação com o Boavista. E a maioria dos seu dirigentes presos.

 

Assim sendo o mínimo de vergonha naquela cara diz que se deveria manter calado e não levantar grandes ondas.

 

Há cada cromo...

publicado por Carlos às 20:30 link do post
15 de Setembro de 2010

 

"Sporting acusa Benfica de «tentativa de pressão» sobre a arbitragem"

 

Rogério Alves Dixit...

 

Devo avisar que serei sectário, faccioso, inflexível e duro neste meu débil empenho em afirmar o meu desprezo pela comunidade do clube do Lumiar.

 

Desde o dia em que vi Zé Bettencourt - a quem neste texto passarei a tratar por Betu Curt – a saltar já como presidente eleito ao lado de Dias Ferreira e a gritar um cântico insultuoso para com o Benfica, lembrei-me da complacência que a maioria dos benfiquistas contra minha opinião sempre tiveram para com clubes como o Sporting e Belenenses, “coitadinhos” é o que ouço! Pois bem, tal como um insecto sem qualquer utilidade são para esmagar. Como saberão quem me é mais próximo, nesta coisa das rivalidades sabem como funciona o meu benfiquismo.


Para mim, o FC Porto é uma invenção recente. Tenho-os unicamente como pretendentes às provas que disputamos. Tal como tinha o Marselha e o Bernard Tapie, entretanto preso ou também a Juventus e Luciano Moggi igualmente enclausurado ou ainda o Steua de Bucareste e o seu Gigi Becali, preso recentemente. Porto, não gosto deles é certo, mas não me aborrecem. Apenas em circunstâncias em que alguma afirmação do seu chefe que nos seja dirigida. Aí sim, caio-lhes em cima com tudo.

 

Estou mais que habituado às atoardas prontamente acolhidas e abençoadas pelos seus Bispos, sabujos, subalternos e fiéis ao “Santo Padre” da invicta. Mesmo assim o meu assomo até é mais com a pessoa “Pinto da Costa” do que com o clube. Analisadas bem as coisas, consigo fazer uma separação das águas e dizer que em relação ao FC Porto apenas não gosto da claque organizada deles a mais conhecida, aquela que estoira com estações de serviço, mostrando uma tremenda coragem por atemorizar meia dúzia de funcionários desses locais e do seu presidente. Um, PC da Costa está identificado, outro, nem liga a futebol, apenas olha com carinho as marcações brancas do relvados. O resto é-me mais ou menos indiferente.

 

O meu benfiquismo faz com que o rival do meu clube seja aquela colectividade que mora para lá da segunda circular para os lados do Lumiar. Aí sim, não divido nada, vai tudo à frente por igual. Odeio tudo o que tenha a ver aquela agremiação. As excepções são alguns amigos que escolheram passar pela vida carregando a cruz de apoiarem aquele clube, e são pessoas decentes de quem eu gosto muito, mas regra geral o adepto osga, vulgo lagarto típico é bem retratado pelo Dias Ferreira. Sempre que penso em “lagartos” surge-me de imediato na mente um campo pleno de barbados todos vestidos de talibã, cabelo untado a espumar e com uns olhos artilhados de ódio alheados ao seu próprio clube, sem sequer olharem para o relvado do seu campo, apenas interessados no que se passa do lado de cá de Lisboa do outro lado da segunda circular. Eis como vejo o típico lagarto. Exemplo desta imagem é o facto da maioria lagarta ter na personagem Dias Ferreira um excelente talibã nos mais que previsíveis pretensos ataques ao Glorioso.

 

Como não gosto mesmo nada de me andar a irritar com este assunto, lido com este ódio ao clube do avozinho pura e simplesmente ignorando-os e procurando esquecer que existem. Início de época, procuro não saber nada sobre eles. Não vejo os jogos deles, não quero saber se foram roubados ou beneficiados, não vejo resumos dos seus jogos, quando surge algo sobre lagartos na imprensa escrita de imediato passo à frente as páginas que lhes dizem respeito. Mas estarei atento a este Betu Cu-rt. É capaz de ser interessante seguir algumas das suas tiradas. Além claro de manter à linha de vista a “Santa-Aliança” Roquete+Pinto da Costa seguida por Betu Court . Ao ver alguém ligado a esse clube a ser entrevistado na televisão vou continuar a mudar de canal. Espero assim conseguir manter-me afastado de assuntos Osgó-lagartianos.

 

Apenas se torna impossível de atingir este objectivo pelo menos durante duas semanas por ano, altura em que o Benfica tem que jogar com eles. Sinto este mau estar nestes últimos dias por saber que pelo menos durante duas semanas no ano não terei hipótese de ignorar a existência da agremiação do Lumiar, porque mesmo os nossos jogadores e técnicos têm que falar sobre eles.Eis porque ignoro por completo isto que chamam de Derby da Capital. Existe algum no Domingo?


Mas a pior de todas as semanas, é esta mesmo. É mais dolorosa, é a que antecede a visita das osgas à Luz. O Estádio da Luz é um santuário, uma zona livre de répteis. Quando eles vão à Luz é como se a estivessem a profanar. Bolas para isto, lá estou eu de novo nesta fase final da pior semana do ano.Não tenho hipótese: vou ter que ver aquelas camisolas horrendas pisarem o relvado da Luz; vou ter que me cruzar com aqueles adeptos que seja qual for o resultado nunca perdem, são sempre derrotados por factores extra-futebol, por detrás dos quais está sempre o Benfica a puxar os cordelinhos. São ainda aqueles que bramem mais desalmadamente um golo de um adversário do Benfica seja ele qual for, seja em que competição for, do que um golo do seu próprio clube, são aqueles que chegam ao cúmulo de desejar a derrota do seu próprio clube contra um adversário directo do Benfica, de forma a alimentarem a esperança que o Benfica não ganhe uma competição. E ainda aqueles que em qualquer jogo, em vez de puxarem pelo seu Clube dedicam a utilização das suas pobres gargantas a insultar o Benfica. Desde muito pequeno que me lembro de ter este desprezo pelo clube do avozinho. Recordo-me de algures no tempo, ir ao antigo estádio de Alvalade (quando o Benfica lá ia jogar) com um familiar e de me dar a volta ao estômago quando, a meio do jogo, se começava a ouvir uma espécie de balido vindo lá debaixo da pala: 'Cepór... tém! Cepór... tém!'. Assim mesmo, dito num ritmo muito lento, como se tivessem que tomar fôlego entre as duas sílabas. Aquilo não chegava a ser um grito de incentivo, ouvia aquilo e imaginava uma multidão de mitras empoeiradas que de repente, numa espécie de dor compulsiva a soltar aquele som, aquela espécie de lamento que na sua própria entoação encerrava toda a desgraça e tristeza que era ser adepto daquele clube, e entre as duas sílabas tivessem que tomar fôlego para evitarem desfalecer. Normalmente um lançamento perto da nossa área ou dois pontapés de canto seguidos eram a fagulha que provocava esta manifestação de fervor sportem…guista. 'Cepór... tém!' - lastimava-se o povo, no meio de uma nuvem de poeira e traças entretanto levantada pelos seus adeptos. Depois se o árbitro marcava um lançamento ao contrário, soltava-se um prolongado ganir sofrido, como se Moisés tivesse despejado sobre eles toda a sua ira sob a forma de pragas de proporções bíblicas. Desde pequeno que a palavra 'Ceportém' criava na minha mente imagens cinzentas, cheias de bafio e poeira e gente velha com fatiotas escuras a cheirar a éter. O Benfica e o vermelho pelo contrário faziam-me pensar em alegria, emoção, paixão e gente entusiasmada. Até na forma como os golos são festejados os adeptos são diferentes. Um 'Golo!' gritado por adeptos do Benfica é diferente de um 'Golo!' gritado por adeptos do Campo Grande. O nosso 'Golo!' é um golo alegre, o Benfica marca golos, e os outros sofrem, porque nós somos mais fortes. Isto é o que é natural. O ‘Golo! ‘ deles encerra algo de velório, estranheza e desespero. Até a história da formação da agremiação de Alvalade é ridícula, nascidos que foram de uma birra entre queques chateados por não se organizarem mais bailaricos no Campo Grande Football Clube, e amuados por não terem sido convidados para um piquenique. Lá foram pedir dinheiro ao avozinho de um dos queques e lá fizeram o seu clubezeco privado. Eis a explicação da tara que são um clube 'diferente'. Ó confraria produzida em série em camarins bolorentos e empoeirados, e cada um deles parecendo fazer parte de uma qualquer confraria de agentes funerários. Todos com palas que apenas lhes permitem olharem na direcção do Estádio da Luz, e constantemente observar e comentar o que por lá se passa. São capazes de estar a ser violentados a sangue frio por um qualquer padrinho e respectivos comparsas mais a norte, que entre duas bordoadas ainda arranjam tempo para erguer uma mão ensanguentada, apontar um dedo na direcção da Luz. Eu não consigo apreciar os jogos do Benfica contra o clube do Lumiar. Para mim são uma experiência horrível, o culminar de uma semana em que apanho uma dose de clube do avozinho é superior ao acumulado do resto da época toda. Chego a ficar agoniado ao olhar para o campo e ver aquelas camisolas horripilantes ao lado das nossas. Farrapos verde e branco que se arrastam pelo relvado. Eis a minha resposta aos que me vêm com histórias de que eu deveria era considerar o FC Porto como o nosso grande rival, não fazem ideia do que falam. Esses estão identificados, são um fenómeno recente que devido a corrupção estão a ter direito ao seu tempo de fama. O Clube do Campo Grande desde os motivos que motivaram o seu nascimento que ao abrigo de um epíteto de eterno segundo clube de Portugal beneficiam do nosso beneplácito.

 

Que a imagem do seu presidente ao lado de Dias ferreira a berrar a plenos pulmões impropérios para com o Benfica faça com que a imagem de “coitadinhos” termine de vez. Domingo há Derby? Quero lá saber...

 

 

 

Para este anti-benfiquista que fez a sua carreira de troféus e glória no FC Porto e que só voltou para o "clube do coração" quando mais ninguém lhe pegou e se andava a arrastar em Itália, deixo uma palavra: a cultura anti-benfiquista no Sporting cresce à medida que o Benfica ganha mais e o Sporting menos. E eu como benfiquista também já gritei muitos golos do Sporting em algumas ocasiões. Dentro do Benfica há de certeza muitos antis-sporting ou porto. A questão é que esta situação, de ano para ano, é mais mostrada por quem manda, por dirigentes e jogadores do Sporting. Para quê? Parece ser mais importante reforçar o anti-benfiquismos que  a paixão pelo sporting. Para quê? Para acicatar os idiotas que depois mandam pedradas num mero jogo de putos?? Ou que invadem campos? Somos todos iguais. A diferença é que uns são mais que outros e eu acho que o sporting neste momento vive uma necessidade enorme de colocar gente a mostrar anti-benfiquismo publicamente.

publicado por Carlos às 20:44 link do post
14 de Setembro de 2010

Por vezes as insónias pregam-nos partidas… Levantei-me, cerca das três horas da madrugada, e fui ver televisão. Costuma ser o melhor soporífero. Sucede, porém, que sintonizei a RTPN e deparei-me com a retransmissão das palavras de quem se diz Secretário de Estado do Desporto sobre o Benfica, Vi e ouvi com atenção e perdi completamente o sono.

 

 

Na altura em que olhei para o televisor, e ouço um membro do Governo de seu nome Laurentino Dias dizer "O barulho não é bem-vindo e não nos assusta. No desporto, o barulho bom é o dos adeptos, nos festejos das vitórias e no aceitar, tranquilamente, o momento em que não há vitórias mas derrotas. Desse barulho gosto. O outro não é bem-vindo, mas é próprio em Portugal e em qualquer país do Mundo." O desporto movimenta paixões e tem uma intervenção muito forte por parte das pessoas. Essas situações não me assustam

 

E eu a pensar que este senhor era um membro de governo e que cuidava do desporto... Este fala barato com cabelo à sportinguista, é uma nulidade na função e como pessoa. Como habitualmente digo, "é um gajo porreiro...apenas tem um pequeno problema, não interessa a ninguém..."

 

Hoje, dou com esta pesonagem a dizer que não desrespeitou o Benfica...

 

Meu caro Laurentino Dias, desrespeitou por duas vezes, primeiro com as suas palavras de gozo de ontem, e hoje ao mentir descaradamente.

 

 

Lembro António José de Almeida " O direito à revolta é uma coisa sagrada" . Assim fico extremamente contente que hoje a Direcção do Benfica tenha oficializado esse mesmo grito de Revolta.

 


 

Tal como já aqui tinha escrito nos meus anteriores Posts os Benfiquistas deveriam assumir uma posição de indignação e concretizá-la na prática contra este sistema que está de volta.

 

Do  Plenário dos Órgãos Sociais que pode ser lido aqui na integra, resumo e realço os seguintes pontos:

 

  • Reafirmar a total confiança do Clube nos seus atletas e na sua equipa técnica, e a garantia de que ninguém vai desistir dos objectivos propostos no início da presente temporada. Resistir é próprio dos que nesta casa se bateram e continuarão a bater pela verdade no futebol português...(...)

 

  • (...)O futebol não é viável sem verdade e sem acções. O senhor Vítor Pereira deve pronunciar-se sobre o que se passou, sobre o que pensa fazer para o futuro e sobre o entendimento que tem – na forma e no tempo - sobre a homenagem promovida no dia 5 de Setembro, pela Associação de Futebol do Porto, ao senhor Olegário Benquerença.

 

  • Citando o Presidente da UEFA, Michel Platini “os árbitros incompetentes devem ser varridos do futebol”. Pela nossa parte, acabou a tolerância com árbitros incompetentes ou habilidosos.

 

  • Compreendemos e associamo-nos ao movimento de indignação que desde sexta-feira varre o país. Face à adulteração da verdade desportiva, queremos pedir aos sócios e adeptos do Benfica que continuem a apoiar, de forma inequívoca e sem reservas, a equipa nos jogos que o Benfica realiza no Estádio da Luz, mas que se abstenham de se deslocar aos jogos fora de casa.

 

A nossa ausência será o melhor indicador da nossa indignação.

 

  • Solicitar ao Presidente do Sport Lisboa e Benfica a suspensão imediata de quaisquer negociações relativas aos direitos televisivos relativos aos jogos da sua equipa profissional a partir da época 2012/13 que possam estar a decorrer com a Olivedesportos. Mais, foi igualmente solicitada uma avaliação no sentido de apurar a possibilidade do Clube passar a gerir de forma autónoma os seus direitos audiovisuais.

 

  • Não podemos continuar a tolerar que a falta de seriedade dentro de campo tenha a cumplicidade daqueles que, tendo os nossos direitos televisivos, não revelam isenção na análise e camuflam os erros daqueles que sistematicamente nos prejudicam.

 

  • Equacionar, em face do desgaste e da falta de garantias de isenção na arbitragem agora evidenciadas, a participação na presente edição da Taça da Liga.

 

  • Declarar o Secretário de Estado ‘persona non grata’ pelo trabalho que prestou ao futebol português. Abandonou a anterior Direcção da Liga no seu combate pela credibilização do futebol português, alheou-se – por completo – do processo “apito Dourado”. É, ainda, o responsável por nada fazer para aplicar a lei, pelo que a arbitragem e a Comissão Disciplinar continuam na Liga, quando já deviam estar na Federação Portuguesa de Futebol desde 1 de Julho.

 

Em frente SPORT LISBOA E BENFICA !!!  

 


publicado por Carlos às 13:28 link do post
13 de Setembro de 2010

 

Não darei um único cêntimo mais a Clubes que fazem do Benfica o seu abono de Família anual. Terminou!!! Vão pedi-lo ao Padrinho Pinto da Costa

 

Boicote aos jogos fora! Se for feito e bem feito metemos muitos clubes portugueses na miséria (ainda mais). Todos ele quando apresentam o orçamento da época estão a contar com os jogos do Benfica. Um boicote à participação na Taça da Liga, a taça da Cerveja também fará os seus estragos.

 

Boicote à Sporttv!!!  Quantos Benfiquistas ainda insistem em ter este Canal Anti- Benfica????  Patrocinadores da liga, já escrevi sobre isso. Patriocinadores da Federação. Primeiro ataque aos bolsos desta escumalha.

 

Atenção que irá surgir um jogo em que nos vão beneficiar deliberadamente para nos tentarem calar e acima de tudo para o aguadeiro do Mourinho, vulgo Vilas Boas poder acrescentar ao chip que tem no cerebelo mais um discurso encomendado pelo seu Padrinho.

 

Por favor Presidente, uma das primeiras atitudes será fazer com que os jogadores estejam impedidos de prestar declarações à Sportv e À TVI e  todos os meios de comunicação social ligados ao Oliveirinha, salvo onde fosse estritamente obrigatório (no final dos jogos no flash Interview, nas não estariam presentes na sala de conferências de imprensa);


Outra acção no imediato fomentar um grupo de sócios para apelar aos restantes sócios e adeptos para que não estivessem presentes nos jogos realizados fora do Estádio da Luz.


Fazer com que o Benfica retire de forma urgente e permanente, todo e qualquer apoio a esta Liga de Clubes e o Benfica deixaria de estar representado em todas as reuniões e iniciativas desta Liga de Clubes.

publicado por Carlos às 12:04 link do post
13 de Setembro de 2010

Guerra declarada

 

Ajudas dos árbitros a empurraram o Benfica para baixo. Ajudas dos árbitros a empurraram o porto para cima. O título de campeão deste ano está entregue da mesma forma que conseguiram metade dos seus campeonatos.

 

Se fico conformado? Não. Não reconheço título de Campeão e declaro Guerra aberta ao FC Porto.

 

Eu próprio assumo que à semelhança da Direcção do Sport Lisboa e Benfica acreditei que a caminhada para o Bicampeonato fosse apenas feita nos relvados. Mea Culpa, o Polvo não estava nem está morto. As jogadas de bastidores continuam com o mandante habitual a estar mais resguardado. Assumo ainda, apesar de atempadamente ter alertado para uma personagem chamada Antero…

 

A Guerra aberta será travada em várias frentes. Não lhes darei descanso. O mesmo peço a todos os Benfiquistas. É Hora de união, não de divisão.

 

Armas do Polvo: Na escuridão dos bastidores de Liga, Restaurantes, Arbitragem – árbitros, APAF e observadores – Clubes “amigos do Sistema” e Comunicação Social. Ah e claro, calhaus e bolas de golf....Estas são as “armas” já identificadas ao Polvo.

 

O que  tem tudo isto de novo? Nada. Apenas o facto de por nossa culpa a “Camorra” se ter conseguido organizar de novo.

 

Em apenas três jogos, levam dois escandalosos resultados com ajudas de árbitros e isso é irrefutável. No primeiro jogo na Figueira da Foz e no terceiro jogo em Vila do Conde, o FCPorto foi beneficiado e o Benfica no primeiro jogo contra Académica em casa  e no quarto jogo ontem em Guimarães foi claramente prejudicado. Com todas as letras PREJUDICADO DELIBERADAMENTE, e não, não se trata de qualquer desculpa de perdedor, é matéria irrefutável.


Lembram-se do que o nosso Capitão disse o ano passado? GUERRA AO FCPORTO !!! Não tenho medo das palavras, é GUERRA mesmo. As nossas armas? A nossa força!!! A comunicação social treme se o fizermos, Se a nação Benfiquista se levantar como espero, reduzimos os nossos inimigos à sua real insignificância. Nada de atirar pedras. Nada de querermos favores de arbitragem, a nossa maior armas é muito mais letal. É poder da Nação Benfiquista. É o poder de quem alimenta e dá o salário a todos os avençados deste país. Apelo ainda para que as nossas Claques apesar de não oficializadas não actuem como os Super Dragões. As suas vozes de apoio são mais fortes que isso.

 

Eu bem disse que com a vergonha do que sucedeu com o processo Apito Dourado, a morte da Máfia de Pinto da Costa não seria concretizada, apenas os mandaria para um buraco de ratazanas durante um curto tempo. Estão de volta. Vamos permitir?

 

Uma palavra para o Sporting Club de Portugal. Que tal um pouco de personalidade?, Nem pensar em termos os verdes como aliados, mas que pensem per se e não a mando de Pinto da Costa. A figura ridícula de ódio ao SLB faz-me lembrar o marido encornado que quer fazer algo mas…não pode.

 

 

Benfiquistas, o Porto tem os seus homens na Liga ( e aqui muito por nosso culpa, por termos os termos apoiado , mas apenas os burros não mudam)

 

O Benfica tem o pior primeiro terço de campeonato que me lembro. Calendário no entanto que apenas não estamos a ultrapassar  de forma positiva por tudo o que nos têm feito. A nossa performance? Apenas pergunto e usando apenas como exemplo este jogo com o Guimarães. Já repararam que para termos ganho teríamos que ter marcado uns 8 golos para conseguirmos apenas 3?

 

Acabou o Mr Nice Guy. Todos os dias da semana, todas as horas marquem em cima os mafiosos identificados e os por identificar. As minhas pinturas de guerra estão postas.

 

O ataque começa agora!!!! O apoio deve comoçar já com as nossas bancadas cheias contra o Hapoel e contra o Sporting. E...com as bancadas vazias sempre que jogarmos fora...

 

Mafiosos, não vos vou dar descanso....

 

publicado por Carlos às 11:42 link do post
10 de Setembro de 2010

 

Chega !!!

 

‎2 Penalties por marcar, 2 lances de golo anulados por foras de jogo mal assinalados. Amarelos? Quantos? Tenho que morder a lingua para ficar por aqui....Deixem-nos ir jogar para Espanha.

 

3 Jogos, 3 Roubos. O que é necessário para fazermos valer a nossa força? O Benfica merece estar neste anedótico e corrupto futebol? NÃO !!!

 

 

NÃO NOS CONSEGUEM DERRUBAR !!! Para o aguadeiro do Mourinho vulgo Vilas Boas e todos quantos têm nos cornos umas palas que apenas lhes permitem ver o Altar com o Papa da Cedofeita lá em cima apenas digo:

 

O VOSSO ÓDIO APENAS AUMENTA A NOSSA FORÇA!

 

Olegário? LADRÃO !!!

 

COM TODAS AS LETRAS L A D R Ã O !!! MAIS 2 PENALTIES POR MARCAR, DOIS LANCES DE GOLO COM FORA DE JOGO MAL MARCADOS !!!

 

Amarelos? 7 ???? ....

 

Deixem-nos ir jogar para Espanha isto aqui é muito "poucachinho" para o SPORT LISBOA E BENFICA

publicado por Carlos às 22:22 link do post
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
NOTÍCIAS
Page Counter & TV

Hit Counters




pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO