BENFICA POWER
Connosco quem quiser, contra nós quem puder. É necessário estar atento a tudo o que circunda o Benfica com o objectivo de o debilitar. Serve este espaço para que a verdade desportiva possa prevalecer, alertando, demonstrando e denunciando tudo e todos
31 de Julho de 2009

Existem situações na vida em que a natureza humana se revela quer seja no seu melhor, seja no mais vil sentimento que um ser humano pode ter.

 

Brincar, fazer humor negro, branco, amarelo ou seja lá de que cor sfor sobre um assunto sério destes é inqualificável.

 

Tenho ouvido e lido que afinal além da variante H1N1 existirá outra que afecta sobremaneira todos os que fazem de um assunto cuja gravidade não pode ficar sob o estúpido argumento da clubite. Além disso não nos esqueçamos que se trata de algo que a qualquer momento pode entrar porta dentro sem pedir licença.

 

Votos de rápidas melhoras ao nosso jovem da formação. Rápido restabelecimento são os nossos votos.

 

 

publicado por Carlos às 17:27 link do post
30 de Julho de 2009

Felgueiras, a Fátima entenda-se, foi absolvida...

 

Futebol e Autarquias, o entendimento perfeito mantem-se!

 

Eis como os "ratos" aproveitam todos os buraquinhos que existem na lei para absolver criminosos.

 

Com tudo isto ainda nos espantamos que “apitos”, “frutas” “rebuçados” “viagens” “envelopes” etc não resultem em nada?

 

Hoje a justiça ficou mais emporcalhada do que já estava! O procurador, achou por bem pedir 4 anos de prisão, baseado naquilo que lhe ensinaram, os juízes, vão poder dormir melhor, porque absolveram uma senhora!

Hoje em Felgueiras, vai haver sardinhada, febras, tinto do bom a rodos e muita serpentina!

 

A absolvição, em Portugal, é uma espécie prerrogativa de suserania. Tornou-se num absoluto lugar comum sobretudo para certas personalidades longamente marinadas nos Media, como a simpática Fátima Felgueiras. Já estamos habituados a estas absolvições. O suserano é sempre absolvido. Todos os demais cidadãos são vassalos ou são nada e são obviamente passíveis de condenação se incorrerem em delito.

 

Mas o que é que exactamente não funciona na Justiça portuguesa é para todos nós um mistério.

 

"Em Portugal a Justiça não funciona" é uma máxima cada vez mais enraizada em Portugal. À superfície, quase todos os portugueses acreditam nela. Contudo, se tirarmos o celofane populista que a frase transporta, verificamos que a coisa não é bem assim. Só para que conste, nos últimos anos houve dezenas de casos célebres que nos provaram que a Justiça, afinal, funciona. Querem exemplos? Nas autarquias, houve processos que envolveram Valentim Loureiro, Isaltino Morais, Fátima Felgueiras, Ferreira Torres e Nuno Cardoso, isto já para não falar de inúmeras personagens menores.

Ele é um ex-presidente do V. Guimarães, Pimenta Machado, com processos pendentes; o actual presidente do FC Porto, Pinto da Costa, já foi julgado nuns processos e ainda rolam mais alguns; e ainda há árbitros e dirigentes de clubes e da Liga em processos pendentes por causa do ‘Apito Dourado’.

Portanto, o que querem dizer os portugueses com "a Justiça não funciona"? Na política, na banca, no futebol, no ensino e na televisão, o que não tem faltado em Portugal são exemplos da Justiça a funcionar. A polícia investiga, o Ministério Público acusa, os tribunais julgam. O que é que exactamente não funciona na Justiça é pois para todos nós um mistério.

 

Com tudo isto ainda nos espantamos que “apitos”, “frutas” “rebuçados” “viagens” “envelopes” etc não resultem em nada?.....

publicado por Carlos às 18:29 link do post
30 de Julho de 2009

A ser verdade o que se convictamente se confirma no meio dos media,  Fellipe Bastos será emprestado ao Belenenses, num negócio que nada terá a ver com a aquisição de Júlio César.

 

Tendo em conta o direccionamento do Belenenses há mais de duas décadas tornando-se autenticamente um lança do FC Porto em Lisboa, um porto B ou apenas um entre vários outros clubes subervientes ao clube azul e branco causa-me algum desconforto ver o nosso Jogador ser emprestado à agremiação de Belém.

 

Não esqueço, ninguém esquece o tratamento que nos é dado por adeptos e dirigentes e acima de tudo o que atrás digo sobre a subalternização resumeindo-se o clube do restelo a ser um porto não B, mas´C ou D.

 

Ressalvo que poderei estar a falar antes de tempo e poder estar em curso finalmente uma alteração de atitude deste Clube tornando-se autónomo dos azuis da travessa das Antas. Aguardemos.

publicado por Carlos às 18:07 link do post
30 de Julho de 2009

 

Benfica precisava de um guarda-redes de qualidade já que esse tem sido um dos lugares no plantel do Benfica que mais instabilidade tem tido. Nada está confirmado relativamente a Júlio César, apenas quando o site Oficial do SL Benfica o fizer, no entanto tenho algumas reservas sobre ser este o tal guarda-redes que o Benfica tanto necessita? Uma vez mais, fica o benefício da dúvida para JJ.

 

Estará assim satisfeito mais um desejo de Jorge Jesus, que pretendia trabalhar com o seu antigo jogador, e assim reforçar um posto que tem sido dividido entre Moreira e Quim.

 

Tenho para mim que JJ irá dar a titularidade a Moreira. Quanto à dispensa de um dos 3 Guarda-Redes, estou em crer vir aí uma pequena supresa.

publicado por Carlos às 17:00 link do post
30 de Julho de 2009

Estaria aqui a origem dos rebuçados, cafés com leite, etc...?

 

 

São acusados de angariar mulheres no Brasil para virem para Portugal trabalhar em casas de prostituição ou bares de alterne.

Diziam-lhes que o bilhete de avião seria pago pelos proxenetas portugueses que depois tratavam de as legalizar. Suspeita-se de que o destino daquelas mulheres fosse serem mantidas em piores condições do que aquelas que usufruíam no Brasil; eles foram presos após várias recusas do SEF, em Portugal, para que elas entrassem no nosso país.

 

Luciano, Bruno Sousa e Bruno Moreira foram detidos pela Polícia Federal brasileira quando se encontravam no Recife e estão em prisão preventiva até julgamento.

 

Luciano é do Porto e conhecido adepto do clube mais representativo da cidade. A sua ligação à claque Super Dragões é de tal forma intensa que a sua palavra é recebida como a de um líder.

 

No estádio tem a mesma liberdade de movimentos que qualquer outro responsável da mesma claque, advindo muito da sua importância nos Super Dragões com ligações familiares a ex-atletas do clube.

 

Ainda segundo o CM apurou, os três portugueses foram inicialmente alvos de uma busca quando se encontravam em Palmas. Mesmo assim, e não obstante estarem impedidos de se ausentar daquela morada, fugiram para o Recife. Bruno Sousa, de 27 anos, e Bruno Moreira, de 29, foram apanhados em Boa Viagem; Luciano foi preso em Abreu e Lima.

 

As autoridades brasileiras deram ainda conta de que o trio tentava viajar para Portugal quando foi interceptado. Foram conduzidos à cadeia de Parentibe Cotel, em Abreu e Lima, no Recife, estado de Pernambuco, onde foram interrogados e sujeitos à medida de coacção de prisão preventiva.

 

Documentos encontrados na posse dos portugueses apontam ainda para o facto de Portugal poder não ser o único destino destas mulheres.

Algumas poderiam também ser colocadas no ‘mercado’ espanhol, havendo ainda algumas mulheres que terão chegado ao nosso país por via terrestre, depois de aterrarem no país vizinho.

 

As regiões mais pobres do Brasil são o local preferido para os traficantes angariarem mão-de-obra. Um estudo feito em São Paulo dá conta da existência de 241 rotas de tráfico no país.

 

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras levou 23 arguidos a julgamento, em Portimão, por auxílio à imigração e crimes conexos, como associação criminosa, extorsão, coacção, corrupção e falsificação. O auxílio à imigração ilegal não foi provado, mas os restantes crimes sim. O tribunal condenou ontem o líder da ‘ala moldava’ a 23 anos de prisão, outros dois arguidos a 17 anos, mais dois a seis e um sexto a cinco anos. Uma empresa foi absolvida e os restantes arguidos condenados a penas suspensas, de 3 a 4 anos e dez meses.

 

Enquanto em Portimão o líder do grupo de moldavos era condenado a 23 anos de cadeia, Elisabete Chaves, conhecida como a 'advogada do Porsche', ouvia no Tribunal de São João Novo, no Porto, que a pena que lhe tinha sido determinada era de quatro anos de pena suspensa. A sentença surpreendeu a arguida, que acabou por abandonar a sala lavada em lágrimas e a suspirar de alívio.

 

A advogada, que era a principal suspeita de uma rede de legalização irregular de imigrantes através de falsos contratos de trabalho ou casamentos fictícios, esteve inicialmente acusada de 252 crimes que depois foram reduzidos para 44.

 

Ontem, o tribunal condenou-a apenas por três crimes: um de auxílio à imigração ilegal na forma continuada; um de falsificação de documentos na forma de uso; e o terceiro de tráfico de influência.

 

O tribunal não deu como provado que Elisabete 'fizesse parte de um grupo organizado, cujo intuito era arrecadar estrangeiros', nem que 'exercesse funções de liderança no grupo'. Dos cinco elementos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras acusados no processo, apenas José Bessa e Jaime Oliveira foram condenados, também a penas suspensas. Houve ainda quatro empresários a serem punidos.

 

DEFESA ADMITE INTERPOR RECURSO

 

Apesar de Elisabete estar visivelmente satisfeita com a sentença, o advogado de Defesa, Artur Marques, deixou bem claro que pretende recorrer da pena.

 

'Estou satisfeito, pois este processo começou por ser um monstro, mas penso que pudemos obter uma pena mais justa', defendeu.

 

Também a procuradora do Ministério Público, Maria Clara Oliveira, admitiu interpor recurso.

 

Os bens apreendidos a Elisabete Chaves durante as buscas à sua casa em Barcelos vão ser devolvidos ao seu pai Eurico Chaves, também arguido no processo. Entre os bens está o Porsche, no qual a advogada transportava as cidadãs ilegais, bem como a quantia de 53 624 euros.

 

VALENÇA: INSPECTOR TRAFICAVA

Em Março de 2006, um inspector do SEF confessou em tribunal fazer parte de uma organização de tráfico de mulheres do Brasil para bares de alterne em Valença

 

 

http://videos.sapo.pt/6B1QKzYtHjIz6CgoiNR7

 

publicado por Carlos às 15:37 link do post
30 de Julho de 2009

Apesar das autoridades já terem conhecimento de uma conta para onde existiu um fluxo de dinheiro não explicado por parte de Pinto da Costa, apenas a partir de hoje a procuradora Maria José Morgado e a equipa especial constituída para investigar o "Apito Dourado" está a investigar qual a instituição bancária, fundos existentes e principalmente a justificação e origem de tais valores. O único dado apurado é que essa Conta está sediada em Genebra.

 

Apesar da morosidade de todo este processo aguardemos. O caso está longe de estar encerrado.

publicado por Carlos às 15:00 link do post
29 de Julho de 2009

César Peixoto vem para o Benfica, não vem. Sinceramente é assunto que não me suscita qualquer interesse. Tratar-se-á de um jogador para lutar com Shaffer? Eis algo em que não concordo com JJ. Trata-se de um extremo que não passou do "ter potêncial" para lateral tácticamente evoluído (será esta a razão de Jesus) mas sem caracteristicas de um (mal comparado) Léo. O certo é, a concretizar-se a vontade de Jesus, e se passar a envergar o nosso manto sagrado terá todo o meu apoio. JJ saberá concerteza ao contrário de mim e com diferença de anos luz   o que poderá tornar o plantel mais consistente. 

 

Mas, o que me faz falar de César Peixoto ou melhor da sua vinda ou não, é o facto de não ser assunto que justifique uma única troca de afirmações seja com quem for do Sp de Braga. Seja com o seu presidente e muito menos com o seu Treinador Domingos. Não faz sentido qualquer resposta ás observações de tal treinador. Sendo, como assim parece, opção de Jorge Jesus, que se contracte sim, salvaguardando os interesses do Benfica e nunca a pedido dos de Braga, e termine-se com o assunto. Se existir uma única, basta uma única exigência indiciadora de má vontade, o assunto deverá ser encerrado sim e ficando o César Peixoto no seu clube.

publicado por Carlos às 17:49 link do post
29 de Julho de 2009

Keirrison escolheu...mas quem permitiu esta escolha foi Rui Costa.

 

Bem-vindo Keirrison. Bem-vindo a esta casa.

 

Curioso o facto de as tais parangonas à Record hoje não serem "Fui eu que escolhi o Benfica" ou o tipico "assinei em 3 minutos". É escolhido como assunto (que novidade) uma vez mais o Benfica e um jogador do Sp Braga. 

 

Sobre o que já surge como tema de conversa no círculo de opinadeiros do burgo acerca do excesso de avançados, é de facto necessária leviandade para se emitir tal opinião, 5 avançados para 4 frentes em que o Benfica marcará presença e tendo em conta ainda o facto de o sistema de jogo estar definido e contar com 2 no onze, faz-me questionar se estes opinadeiros justificam o dinheiro que recebem para estas meticulosas análises.

publicado por Carlos às 09:00 link do post
28 de Julho de 2009

Ao abrigo da chamada "liberdade de imprensa" tem passado muito do mal que tem sido feito ao Benfica ao longo dos anos.

 

Ao abrigo da mesma têm-se escondido verdadeiras faltas de respeito se quiser ser brando, e atentados ao rigor de informação. Ao longo dos anos jogadores, dirigentes e em última análise têm sido achincalhados. Ao longo dos anos têm destruído jogadores e colocado no pedestal outros.

 

Tem sido por demais evidente o "à vontade" de "nossa casa" serem maltratadas várias figuras do Benfica. Há anos que chamo a atenção para a forma despreocupada como certos órgão de comunicação se nos dirigem e opiniam.

 

O direito a informar pára no momento em que valores deontológicos da profissão de Jornalista são constantemente violados. Valores como ética profissional e boa educação têm sido ano após ano ignorados.

 

Apenas dois exemplos: Repare-se na facilidade com que certos jornalistas adoptam termos ínvios seja num comentário directo a um jogo seja de forma escrita. Compare-se na reverência com lidam com o FC Porto. Tenho para mim, ser receio. Mas não têm perdão. Outro exemplo, os famosos blackouts portistas e agressões alguma vez foram merecedores de tamanha exposição? Não, nunca.

 

Assim sendo, estou inteiramente de acordo com a medida de em nossa casa não entrar quem se porta da forma que atrás referi. Junto a vários pasquins que deixaram de estar nos meus hábitos de leitura o sensasionalista e anti-benfica, "maisfutebol". Bloqueado! Desaparece da rede a partir do meu computador...

publicado por Carlos às 22:47 link do post
28 de Julho de 2009

É deveras interessante ver a sequência deste processo. Quero crer que as zangas que estão eminentes por dinheiros pedidos por uns para se calarem e dinheiros pagos por outros para mandar calar outros irão culminar em descobertas que em muito envergonhará a nossa justiça.

 

Pinto da Costa e Lourenço Pinto coincidem na acusação feita ao advogado José Dantas – 500 mil euros pelo silêncio de Carolina –, no entanto, em seguida as versões confundem-se. Lourenço Pinto ontem em tribunal diz que José Dantas lhe ligou durante um almoço para o seu telemóvel e que foi através do aparelho, colocado em alta voz, que o ouviu a tentar extorquir o dinheiro a Pinto da Costa. Noutro inquérito, Pinto da Costa falou do mesmo jantar mas, azar... referiu outro hotel como palco da conversa...

 

É ou não interessante seguir este processo?

 

Mas, se pensam que existem duas versões, esperem...no livro ‘Sombras e Luzes de um Dragão’, assinado por duas jornalistas, Pinto da Costa contou que José Dantas lhe ligou para o estádio e que o ameaçou com a revelação dos seus segredos para receber o dinheiro.

 

Três versões (3 !!!!) Extraordinário! E é com base neste novelo em que Pinto da Costa se meteu, que o advogado de Carolina Salgado quer confrontar o 3 depoimentos pedindo naturalmente o que o tribunal deveria ter feito JUNTAR OS TRÊS DOCUMENTOS!!!

 

Seguindo a "novela"  o representante de Pinto da Costa não aceitou, por...e esta parte agora é mais deliciosa de tudo isto "Mas não em desobediência à lei'". Repito  assegurou Gil Moreira dos Santos, advogado de Pinto da Costa "Mas não em desobediência à lei" citando uma série de artigos que impedem aquela pretensão.

 

Eis como vão gozando com tudo e todos e ...cá vamos andando com a cabeça entre as orelhas...

 

Bom, seguindo, porque existem mais personagens, o juiz remeteu para mais tarde a decisão de aceitar a junção dos 3 documentos, já que o advogado do motorista de Pinto da Costa, acusado de agredir Carolina, pediu prazo para se pronunciar. Confusos? Calma, mantenham a atenção.

 

Quem não poderia faltar?

 

Guarda Abel? Isso mesmo!

 

O guarda Abel voltou a marcar presença e a mandar um "Tenha cuidado a Pinto da Costa" e ao Motorista de forma muito, mas mesmo muito curiosa "depois liga para aqui...",tá?"

 

Ora vejam este vídeo e digam lá se não vos lembra algo que há uns anos passou aí pelas TVs...

 

http://videos.sapo.pt/Gdp8TIhDKFLYy9b3uNc0

 

 

 

publicado por Carlos às 18:14 link do post
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
19
20
21
22
23
26
NOTÍCIAS
Page Counter & TV

Hit Counters




pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É verdade nao deixemos o slb a ser consumido com ...
Pelo factos dados como provados? Dados Como prova...
Amigo que a liga condenou um inocente e os factos ...
Boas.Não querem trocar de links entre os nosso blo...
Gostei muito
Achei engraçado um pormenor aqui no blog ... ainda...
Olá.Visitei o seu blog e achei-o bastante interess...
filhos da puta dos portistas, metem nojo!
E o pior de tudo é que isto PRESENTEMENTE se está ...
blogs SAPO